CLIMAX

SINOPSE

Nos anos 90, um grupo de dançarinos urbanos se reúnem em um isolado internato, localizado no coração de uma floresta, para um importante ensaio. Ao fazerem uma última festa de comemoração, eles notam a atmosfera mudando e percebem que foram drogados quando uma estranha loucura toma conta deles. Sem saberem o por quê ou por quem, os jovens mergulham num turbilhão de paranoia e psicose. Enquanto para uns, parece o paraíso, para outros parece uma descida ao inferno.

Direção: Gaspar Noé

Elenco: Sofia Boutella, Romain Guillermic, Souheila Yacoub

Gêneros Drama, Suspense

Nacionalidade França

Não recomendado para menores de 18 anos

Forró dos Ratos

Forró dos Ratos 100% vinil na Matilha Cultural

Trazendo aquele forró dançante 100% vinil pra conhecimento de todos com muita amizades dança, venha dançar como você quiser….

Djs Residentes:
Thiago Silva @Lokodosdisco
Rodrigo Ferrolho @howdreego

Das 18 às 19:30 com Entrada Colaborativa
Após esse horário a entrada fica R$10 até às 23hrs

Organização Ataliba ViÑas
Realização MATILHA CULTURAL

Pré-Lançamento Oficial Filme “Quebra-Queixo”

No ano que a Matilha Cultural completa 10 anos de existência, o Selo Matilha, plataforma musical que fomenta a cena hip hop nacional independente desde 2010, lança o filme da nova música “Quebra-Queixo”, do músico RAPadura Xique-Chico, disponível nas plataformas digitais desde o último dia 15. Pré-Lançamento do filme será no dia 28/03 no Cine Matilha com direito a discotecagem com KL Jay e Djmarco Antonio.

Com roteiro e direção de Ricardo Costa e José Simonetti e formato de trailer de um longa-metragem, as gravações aconteceram no sertão da Paraíba e instigam o espectador à reflexão da dicotomia das relações sociais, baseado na letra do single que traz questionamentos ao consumismo e diferenças de classes. O single faz parte do novo disco de Rapadura, que será lançado posteriormente e tem produção musical de Carlos Cachaça e produção executiva de William Gil aka Zulu.

VENHA ASSISTIR EM PRIMEIRA MÃO AQUI NA MATILHA

ENTRADA COLABORATIVA

FEVEREIROS

O documentário foi responsável por registrar a vitória da escola de samba carioca Estação Primeira de Mangueira em 2016, que teve um enredo homenageando a cantora baiana Maria Bethânia. Além de filmar a escola e os preparativos do barracão, a produção ainda acompanhou a cantora nas festas da Nossa Senhora da Purificação, na Bahia.

Relançamento do disco Fantástico Mundo Popular

Salve, cachorrada!

É vinil que vocês querem? Então toma! No próximo sábado, dia 23, a partir das 19h, o Sombra sobe no palco da Matilha Cultural para celebrar a versão bolachão do “Fantástico Mundo Popular”, o lendário disco do rapper do SNJ lançado lá em 2013. O disco estará a venda no dia.

Vocês não vão perder né? A festa ainda vai ter a discotecagem mil grau do DJ Nuts. A entrada é colaborativa e vão rolar três horas de evento. O Sombra fará um pocket show acompanhado pelo DJ RM.
Tá bom ou quer mais açúcar?

Confirma aí e convida geral

MONGA

SINOPSE

O documentário conta a história em torno da atração MONGA, “mulher gorila”, famosa em side-shows circenses e parques de diversões em todo o mundo. A diretora Cris Siqueira atravessou o Brasil (de São Paulo ao Ceará, passando por Minas Gerais e Rio Grande do Norte) e os Estados Unidos (Flórida, Louisiana, Carolina do Sul, Maryland, Massachusetts, Carolina do Norte) atrás da Monga perfeita. O filme ganhou o prêmio de melhor documentário de longa metragem no icônico festival de Coney Island, em Nova York, onde estreou em setembro de 2018.

Lançamento doc MONGA em SP from Cris Siqueira on Vimeo.

JOVENS INFELIZES OU UM HOMEM QUE GRITA NÃO É UM URSO QUE DANÇA

SINOPSE

Pra começar de novo é preciso destruir.” Um grupo de artistas vive na fronteira entre arte e vida. Com teatro, música e performances em espaços públicos, eles tentam construir uma consciência revolucionária. Mas os horizontes rebaixados de uma sociedade cada vez mais autoritária os faz buscar um último grande ato estético. Feito com orçamento mínimo, o filme é uma metáfora da juventude contemporânea brasileira e seus horizontes políticos inspirado em ensaio de Pier Paolo Pasolini e pela poesia do revolucionário Aimé Cesaire.

Direção – Thiago B. Mendonça

Brasil, 2016, 127

Direção, roteiro e montagem: Thiago B. Mendonça

Produção Executiva: Renata Jardim

Direção de Produção: Adriana Barbosa e Marco Escrivão

Direção de Fotografia: André Moncaio

Trilha Sonora: Kiko Dinucci