Matilha

Matilha

Cineclube Salada de Cinema Apresenta Exibição e Debate "Lampião da Esquina" com Lívia Perez

  • Published in Cinema

No mês de junho, o foco é a diversidade no Cineclube Salada de Cinema. E o filme da vez é Lampião da Esquina, de Lívia Perez.

Dia 24 de junho ás 17h no Cine Matilha. 

 

Lampião da Esquina é um documentário sobre o primeiro jornal brasileiro a trazer abertamente questões homossexuais. Com a participação de Ney Matogrosso, Aguinaldo Silva, João Silvério Trevisan, Edy Star, Leci Brandão o filme traça a trajetória do Lampião além de contextualizar o período em que aconteceu essa iniciativa histórica.

 

Sinopse:

Após os acontecimentos da década de 60 por todo o mundo e com o aumento da conquista de direitos civis, políticos e também de uma maior participação na sociedade como um todo, surgiu nos Estados Unidos o jornal "Gay Sunshine", uma publicação voltada para o público homossexual da época. Em 1978, no Brasil, uma iniciativa similar foi criada: o jornal "O Lampião".

 

Ficha Técnica:

Direção: Lívia Perez

Elenco: Ney Matogrosso, Leci Brandão, Aguinaldo Silva e mais.

Gênero Documentário

Duração: 1h 22min

Nacionalidade: Brasil

Data de lançamento 18 de agosto de 2016 

 

 

Após a exibição do filme haverá um DEBATE com a diretora do filme, Lívia Perez Lívia Perez é cineasta e pesquisadora.

 

Entre suas principais realizações estão o longa-metragem Lampião da Esquina que teve estréia no festival É Tudo Verdade 2016 e recebeu Menção Honrosa no 24º Festival MIX Brasil de Diversidade; o curta-metragem Quem Matou Eloá? premiado Melhor Curta-Metragem no ATLANTIDOC (Uruguay) e no 9º Festival de Cinema de Triunfo, Melhor Curta-metragem (Júri Jovem) no VII CahoeiraDoc, Melhor Documentário no GENII Awards da Alliance for Women in Media (E.U.A.), Melhor Curta Paulista na Semana Paulistana do Curta-Metragem além de ter sido eleito 10+ favoritos do público no 29º Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo e selecionado para o HOTDOCS, Cinélatino 28es Rencontres de Toulouse e DocsMX; e o documentário multiplataforma Se eu Demorar uns Meses selecionado para diversos festivais e premiado no Festival Pampifitas - Portugal (Prêmio da Competição Lusofonia), Concurso Caja de Cortos (TAL TV) e V Festival de Cinema Curta Amazônia. É Doutoranda em Meios e Processos Audiovisuais na ECA USP, mestre em Multimeios pela Unicamp e graduada em Midialogia pela mesma instituição. Cursou um ano de estudos em Cinéma et Audiovisuel da Université de Paris 3 - Sorbonne Nouvelle. É membro do grupo de trabalho de políticas públicas do Coletivo Vermelha e do Cineclube das Outras.

 

 

 

IN-EDIT BRASIL 2017 9º Festival Internacional do Documentário Musical no Cine Matilha

  • Published in Cinema

 

 

 In-Edit Brasil 2017 

9º Festival Internacional do Documentário Musical

 15 a 24 de junho no Cine Matilha

 

O In-Edit Brasil, Festival Internacional do Documentário Musical, é o primeiro evento a reunir os amantes da música e do cinema em uma festa única. Nascido em Barcelona para oferecer ao público a oportunidade de ver filmes raros no circuito comercial, o IN-EDIT começou a dar a volta ao mundo.

 

No Brasil, o festival mostrou que veio para ficar. Em suas edições, chamou a atenção do público e da imprensa, somando mais de 17 mil espectadores. Uma prova clara de seu grande potencial para se converter em uma referência na agenda cultural brasileira.

 

 

PROGRAMAÇÃO NO CINE MATILHA AQUI

 

 

PANORAMA BRASILEIRO

 

 

• MOSTRA BRASIL

 

Morena dos olhos pretos

Sinopse:

Esta é a história da cantora Clemilda Ferreira da Silva, Rainha do Forró e da música de duplo sentido. Nascida em São José da Laje (AL), foi uma  grande referência da cultura popular brasileira. Na voz dela, clássicos como Prenda o Tadeu e Forró Cheiroso fizeram sucesso no Brasil inteiro e lhe renderam discos de ouro e fama. O filme apresenta vasto material de arquivo e soma entrevistas com músicos, amigos, familiares e produtores que conviveram com a cantora. Uma história cheia de bom humor, mas também com muitas nuances sociais.

Ficha Técnica:

Direção: Isaac Dourado

País/Ano: Brasil/2016

Formato/Duração: Arquivo Digital/86’

Idioma original: Português

Protagonistas: Clemilda

Produtores: Isaac Dourado

Produtora: Havana Filmes

 

 

O Som do Tempo

Sinopse:

A história do hip hop na cidade do Rio de Janeiro contada diretamente por seus protagonistas. Estão todos aqui: DJs, MCs, BBoys e BGirls; dos anônimos aos nomes já consagradas da cena, sem esquecer dos fãs, o filme faz um apanhado geral do movimento, apontando caminhos pouco conhecidos. Utilizando imagens de arquivo, rimas e muitas conversas, o mundo do rap carioca se revela intenso e swingado, como a Cidade Maravilhosa.

Ficha Técnica:

Direção: Arthur Moura

País/Ano: Brasil/2017

Formato/Duração: Arquivo Digital/104’

Idioma original: Português

Protagonistas: Marcelo D2, MV Hemp; Dropê, Lola Sales, Cavi Borges, PH Stelzer, Rabu Gonzales, Ton Gadioli, DJ Castro, DJ Erik Scratch, DJ Machintal, Gerard Miranda, 3030, Antiéticos, Bacon, De Leve, Dom Negrone, Funkero, Gaspa, Iky Castilho, Lepô, Mahal, Marcão Baixada

Produtores: Gabriel Moreno

Produtora: 202 Filmes

 

 

Onildo Almeida - Groove Man

Sinopse:

Onildo Almeida é compositor e responsável por grandes clássicos do baião. Foi gravado por Luiz Gonzaga (Feira de Caruaru); Marinês (História de Lampião); Gilberto Gil (Sai do Sereno); Caetano Veloso (Marinheiro, Marinheiro), entre muitos outros grandes nomes da MPB. Neste filme, acompanhamos o personagem, com 88 anos, relembrando suas histórias, suas canções, e reivindicando sua importância na evolução música popular brasileira. Com 543 composições gravadas, passou a atuar como empresário a partir do final dos anos 1990. Um personagem completo e cheio de causos para contar.

Ficha Técnica:

Direção: Helder Lopes e Cláudio Bezerra

País/Ano: Brasil/2017

Formato/Duração: Blu-Ray/71’

Idioma original: Português

Protagonistas: Onildo Almeida, Gilberto Gil, Junio Barreto, Maciel Melo e respectivas bandas

Produtores: Helder Lopes e Naira Cândido

Produtora: Viu Cine

 

 

Super Orquestra Arcoverdense de Ritmos Americanos

Sinopse:

Para celebrar os 55 anos da orquestra de baile Super Oara, o diretor Sérgio Oliveira faz um retrato muito diferente sobre o assunto. Sem diálogos, depoimentos ou informações concretas de qualquer tipo, o filme acompanha o dia a dia da cidade, dos seus jumentos (!) e segue a orquestra em festas de casamento, debutante e todo tipo de evento. Nesse  contexto, conhecemos um pouco mais sobre a transformação frenética do sertão nordestino, as peculiaridades de suas celebrações e o swing dessa banda singular.

Ficha Técnica:

Direção: Sérgio Oliveira

País/Ano: Brasil/2016

Formato/Duração: DCP/ 77’

Idioma original: Português

Protagonistas: Super Orquestra Arcoverdense de Ritmos Americano

Produtores: Sérgio Oliveira, Diego Medeiros e Sofia Mota

Produtora: Aroma

Participações em festivais: Festival Internacional do Rio, XX Festival de Cinema Luso Brasileiro de Santa Maria da Feira, Forumdoc.bh - Festival do Filme Documentário e Etnográfico

Prêmios: Festival Internacional do Rio (Melhor Direção de Documentário e Melhor Direção de Fotografia)

 

 

 

• CURTA UM SOM

 

Bambas   [ CURTAS 1 ]

Sinopse:

O samba é feminino? Diversas mulheres sambistas de São Paulo, de diferentes lugares, classes sociais e idades falam sobre como se impor em um ambiente em que ainda é, predominantemente, masculino.

Ficha Técnica:

Direção: Anná

País/Ano: Brasil/2016

Formato/Duração: DCP/20’

Idioma original: Português

Protagonistas: Fabiana Cozza, Geovana, Bernadete, Raquel Tobias, Maíra da Rosa, Paula Sanches, Nega Duda, Roberta Oliveira, Verônica Borges

Produtores: Anná

 

 

Bendito Batuque   [ CURTAS 1 ]

Sinopse:

A Família Soledade, que vive em um bairro distante em Piracicaba (SP), é formada por exímios batuqueiros de umbigada, um ritmo ancestral trazido por negros provenientes de Angola e do Congo. Na festa de São João, eles reúnem a comunidade e, junto com batuqueiros de outras cidades, celebram a fertilidade e comungam suas raízes africanas.

Ficha Técnica:

Direção: Chico Galvão, Edgard Galvão

País/Ano: Brasil/2016

Formato/Duração: Arquivo Digital/29’

Idioma original: Português

Protagonistas: Herculano Marçal, Anecide Toledo e Pedro Soledade

Produtores: Chico Galvão

Produtora: Intrusos Produções Artísticas/Casa de Batuqueiro de Piracicaba

 

 

Cena Musical Contemporânea em 4 Tempos - São Paulo   [ CURTAS 2 ]

Sinopse:

Três compositores contemporâneos apresentam seus processos criativos e diversas influências, entre elas, a música afro-marroquina, a cultura indígena e a arte de brincar, além de um acontecimento trágico: a morte de uma criança. Tudo isso serve de ponto de partida para suas produções.

Ficha Técnica:

Direção: Tamy Marraccini

País/Ano: Brasil/2017

Formato/Duração: Arquivo Digital/20’

Idioma original: Português

Protagonistas: Alexandre Lunsqui, Tiago Gati, Valéria Bonafé

Produtora: Raiz Produções

 

 

Eu Sou Raul Torres, Violeiro Sim Sinhô   [ CURTAS 2 ]

Sinopse:

Raul Torres foi um dos grandes compositores e pesquisadores da música caipira na primeira metade do século 20. Através de depoimentos de músicos e pesquisadores, o documentário relembra sua história e sua importância para o enraizamento da música caipira no cenário musical.

Ficha Técnica:

Direção: Leandro Ferrari, Daniel Figueira

País/Ano: Brasil/2015

Formato/Duração: Arquivo Digital/25’

Idioma original: Português

Protagonistas: Magnólia Torres, Paulo Freire, Ivan Vilela, Levi Ramiro, Tião Camargo e Monte Rei, Oswaldinho da Cuíca, Edson Nogueira, Adelina Torres, Tinoco, Inezita Barroso

Produtores: Nidowilliam Spadotto

Produtora: Jiló Filmes

 

 

Não Tem Só Mandacaru   [ CURTAS 2 ]

Sinopse:

São José do Egito fica no sertão pernambucano, próximo à fronteira com a Paraíba. Este documentário retrata os artistas locais e a tradição de poesia musical.

Ficha Técnica:

Direção: Tauana Uchôa

País/Ano: Brasil/2016

Formato/Duração: Arquivo Digital/20’

Idioma original: Português

Produtores: Anna Paula Paiva, Pedro Uchôa

Produtora: Que Tau Produções

Participações em festivais: Cine PE 2016, Cine Jardim, Festival de Cinema de Belo Jardim, Mostra Pajeú de Cinema, Festival Cine Memória (MG), MIMO Paraty,Abertura do Festival de Cinema de Caruaru (hors concours), MIMO Olinda, Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões (PI), Cine Tamoio 2016

Prêmios: Cine PE 2016 (Melhor Direção dos curtas pernambucanos), Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões (Melhor Montagem),Cine Tamoio 2016 (Melhor Documentário)

 

 

Samba de Cacete: Alvorada Quilombola   [ CURTAS 2 ]

Sinopse:

O Samba de Cacete é uma tradição cultural da comunidade negra que vive às margens do Rio Tocantins, na região de Oeiras, no Pará. Intimamente ligado ao trabalho na lavoura, o filme mostra suas canções e danças, surgidas no tempo da escravidão.

Ficha Técnica:

Direção: André dos Santos, Artur Arias Dutra

País/Ano: Brasil/2016

Formato/Duração: Arquivo Digital/26’

Idioma original: Português

Produtores: Luis Fernando Pontes F. Júnior, Denise Schaan

Produtora: Lamparina Filmes

 

 

PANORAMA MUNDIAL

 

• DOCS INTERNACIONAIS

 

Breaking a Monster

Sinopse:

Unlocking The Truth é uma banda composta de três garotos afro-americanos que tocam speed metal. Aos 10 formaram a banda; aos 11 tocavam nas ruas e aos 13 estavam às portas do showbiz. Entre a inocência própria da idade e a obsessão por entrar pela porta grande no mundo rock, o trio ensaia rotineiramente, faz  planos de tocar nas salas mais importantes do mundo e arruma um ex-empresário da Disney (manager de Jonas Brothers e produtor executivo de Camp Rock) com um método de trabalho um tanto questionável. Tudo muito confuso para um grupo de adolescentes.

Ficha Técnica:

Direção: Luke Meyer

País/Ano: Estados Unidos/2016

Duração: 92’

Idioma original: Inglês

Protagonistas: Malcolm Brickhouse, Jarad Dawkins, Alec Atkins

Produtores: Tom Davis, Thad Luckinbill, Trent Luckinbill, Andrew Neel, Alan Sacks, David F. Schwartz, Ellen H. Schwartz, Molly Smith

Produtora: Black Label Media/SeeThink Films

Distribuidora: Abramorama

Participações em festivais: SXSW, Sydney Film Festival, Zurich Film Festival, Sound Unseen

Prêmios: Sound Unseen (Grande Prêmio do Júri)

 

 

Sonita

Sinopse:

Sonita é uma adolescente afegã refugiada que mora em uma creche no Irã. Seu sonho é ser MC e cantar em ritmo de hip hop a opressão que as mulheres de seu país sofrem. Ao fazer 18 anos, os problemas imediatamente chegam: primeiro, terá que deixar o lugar onde vive porque já não é menor de idade; segundo, sua família reaparece e resolve levá-la de volta ao Afeganistão para se casar com um homem muito mais velho que ela, a fim de resolver seus problemas financeiros. Nessa situação crítica, ela luta com o que tem para conseguir seus objetivos.

Ficha Técnica:

Direção:Rokhsareh Ghaemmaghami

País/Ano: Alemanha, Suíça/2015

Formato/Duração: DCP/90’

Idioma original: Inglês, Persa, Bambara

Protagonistas: Sonita Alizadeh, Latifah Alizadeh, Fadia Alizadeh

Produtores: Rokhsareh Ghaemmaghami, Gerd Haag, Kerstin Krieg, Aline Schmid

Participações em festivais: Sundance Film Festival, Festival de Cinema do Rio

Prêmios: Sundance Film Festival (Grande Prêmio do Júri e Prêmio do Público)

 

 

MOSTRA 40 ANOS DO PUNK

 

Punk Attitude

Sinopse:

Antes de ser um movimento musical ou estético, o punk é uma atitude. E ninguém melhor para tomar o pulso do que Don Letts. Tomando como base a geração beatnik nos anos 1950, o diretor revê as últimas décadas para observar de perto esse espírito eternamente rebelde.

Dos explosivos anos 1960 no som cru de Detroit (MC5, The Stooges), passando pelo Glitter Rock e chegando à eclosão punk nos dois lados Atlântico, Letts estuda o espírito, a ética, a fúria, o Do It Yourself e a mítica que envolve o movimento. O punk está vivo, só não vê quem está morto.

Ficha Técnica:

Direção: Don Letts

País/Ano: Reino Unido/ Estados Unidos/2005

Formato/Duração: Digital/90’

Idioma original: Inglês

Protagonistas: K.K. Barrett, Roberta Bayley, Jello Biafra

Produtores: Alison Palmer Bourke, Julie Goldman, Andrew Higgie, Peter Kalhan, Krysanne Katsoolis, Dominic Saville, Evan Shapiro, Caroline Stevens, Laura Traill, Lara von Ahlefeldt

Produtora: 3DD Productions, Cactus Three, Fremantle Media

 

 

Rude Boy

Sinopse:

Parte ficção, parte documentário, Rude Boy foi um ponto relevante no universo punk. Deixou sua marca e hoje é considerado um clássico do gênero. Aqui, um rapaz "alienado" deixa seu emprego em um sex shop para trabalhar como roadie do The Clash, que está a um passo de gravar seu disco Give'em Enough Rope. Nesse contexto, as brigas constantes entre nazis e anti-nazis, o governo direitista de Margaret Thatcher, Rock Against Racism, muita polícia e pouca diversão, o filme apresenta a realidade da época e o esplendor de uma banda no seu auge.

Impossível ficar quieto na poltrona.

Ficha Técnica:

Direção: Jack Hazan, David Mingay

País/Ano: Reino Unido/1980

Formato/Duração: Digital/133’

Idioma original: Inglês

Protagonistas: The Clash, Dave Armstrong, Barry Baker, Terry Barry

Produtores: Jack Hazan, David Mingay

 

 

Rough Cut and Ready Dubbed

Sinopse:

Gravado entre 1979 e 1981, Rough Cut and Ready Dubbed é um dos tesouros pouco conhecidos do punk inglês. Filmado pelos irmãos Shaw, o documentário retrata garotos como eles: punks de rua sem fé no futuro em um momento em que o grande boom do gênero já tinha passado. Sham 69, Cockney Rejects, Stiff Little Fingers, skinheads, o post-punk e questões que envolvem defensores, detratores e traidores são alguns dos pontos aqui tratados. Fundamental para entender a segunda onda do movimento punk.

Ficha Técnica:

Direção: Hasan Shah, Dom Shaw

País/Ano: Reino Unido/1982

Formato/Duração: Digital/57’

Idioma original: Inglês

Protagonistas: Jake Burns, Garry Bushell, A Certain Ratio

Produtores: Hasan Shah, Dom Shaw

Produtora: Anonymous Films Ltd.

 

 

The Filth and The Fury

Sinopse:

Vinte anos depois de ter realizado ''The Great Rock’n’Roll Swindle'', o diretor Julien Temple reconstitui a história do Sex Pistols, ou melhor, deixa os próprios integrantes da banda – e não o seu empresário Malcolm McLaren – contar a sua história.Compilação de material documentado dos anos 70, de entrevistas originais e de uma longa conversa com o baixista Sid Vicious em 1978, pouco antes de sua morte no Hyde Park, em Londres, o filme representa o retrato autorizado de uma das bandas mais influentes da história do rock.

Ficha Técnica:

Direção: Julien Temple

País/Ano: Reino Unido/2000

Formato/Duração: Digital/108’

Idioma original: Inglês

Protagonistas: Paul Cook, Steve Jones, Glen Matlock, John Lydon, Malcolm McLaren

Produtores: Anita Camarata, Amanda Temple

Produtora: FilmFour, Jersey Shore, Nitrate Film, Panacea Entertainment, The Sex Pistols Residuals

Participações em festivais: Chicago Film Critics Association Awards 2001, Online Film & Television Association 2001, Online Film Critics Society Awards 2001, Mostra Internacional de São Paulo 2000

Prêmios: Chicago Film Critics Association Awards 2001 (Melhor Documentário), Online Film & Television Association 2001 (Melhor Documentário), Online Film Critics Society Awards 2001 (Melhor Documentário), São Paulo International Film Festival 2000 (Melhor Documentário Estrangeiro)

 

 

• Classificação etária: 14 anos, exceto indicação em contrário.

O documentário "Crônica da demolição" entra em cartaz no Cine Matilha, dia 13 de junho.

  • Published in Cinema

 

"Crônica da demolição" conta a história do Palácio Monroe, antiga sede do Senado Federal"

Patrimônio histórico brasileiro foi demolido há 40 anos e hoje abriga uma praça vazia e um estacionamento

  

O documentário "Crônica da demolição" entra em cartaz no Cine Matilha, dia 13 de junho, com entrada gratuita. O documentário conta a história do Palácio Monroe, antiga sede do Senado Federal, que foi demolido há 40 anos e hoje abriga uma praça vazia com um chafariz seco e um estacionamento subterrâneo.

 

Sinopse

Em 1976, no Rio de Janeiro, o Palácio Monroe foi demolido e em seu lugar foi construída a praça Mahatma Gandhi, na Cinelândia. Antiga sede da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, em momentos distintos, o local foi alvo de uma intensa campanha difamatória sob a alegação de que trazia prejuízos estéticos à área. O documentário investiga esta situação, revelando os jogos de poder existentes por trás da decisão pela demolição. Classificação Livre

 

Ficha Técnica

Duração: 1h 29min

Direção: Eduardo Ades

Elenco: atores desconhecidos

Gênero Documentário

Nacionalidade Brasil

Data de lançamento 11 de maio de 2017

 

 

Sobre o Palácio Monroe

A história do Palácio Monroe (Rio de Janeiro, 1906-1976) sintetiza e revela importantes questões sobre o Brasil do século XX: não só no que refere à arquitetura e ao urbanismo, como principalmente às noções de modernidade e patrimônio. 

 

O Palácio foi um marco da Avenida Central, situado em um dos pontos mais nobres da avenida que se tornou símbolo da modernização do Rio no início do século XX: a Praça Mahatma Gandhi, na ligação da Cinelândia com a Avenida Beira-Mar. Ao longo da sua existência, o Palácio abrigou diversas instituições, sendo a mais notória o Senado Federal, que lá ficou sediado entre 1925 e 1960 (excetuando-se parte da Era Vargas, quando o Congresso foi fechado). 

 

Com a transferência da capital federal para Brasília, o Palácio Monroe começa a se fragilizar no cenário de uma cidade em transformação intensa, entre os anos 1960 e 1970. Sua demolição, em 1976, nunca foi totalmente esclarecida.

 

Sobre o diretor

Eduardo Ades dirigiu, escreveu e produziu o documentário para TV Retratos brasileiros: Hélio Silva (Canal Brasil, 2011) e o curta A dama do Estácio (2012), com Fernanda Montenegro e Nelson Xavier, vencedor de inúmeros prêmios no Brasil e exterior. Diretor dos documentários Torquato neto, Anjo torto e Anna e Alberto (ambos em pós-produção).

 

 

Datas de exibição:

13 e 20/06 ás 19h

14/06 e 21/06 (sessão dupla)  ás 15h e 19h

 

Sobre o Cine Matilha:

O Cine Matilha é um ambiente "pet-friendly" e recebe constantemente o público com seus pets . O espaço possui 68 lugares, além de 2 lugares para cadeirantes. 

 

Programação totalmente gratuita

Acesse nossas redes sociais

Facebook e Instagram

Programação da Mostra Livre de Filmes 2017 no Cine Matilha

  • Published in Cinema

 

 

PROGRAMAÇÃO MFL 2017/ MOSTRA DO FILME LIVRE

Matilha Cultural /SP

 

Abertura dia 09 de Junho de 2017

Programação: 09/06/2017 Sexta-feira

Sessão 18h15 – Curta Sampa 1-  4 Médias- 87min   Classificação indicativa: 14

 

Curtas Livres feitos no estado de SP.

 

LIGHTRAPPING

Gustavo é um fotógrafo que registra corpos de homens nus em espaços públicos de São Paulo. Uma noite, o jovem Pedro o acompanha, curioso e indeciso sobre participar ou não do projeto. A cidade será testemunha da jornada.

Direção: Marcio Miranda Perez
Duração: 22min
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: 14 anos
Equipe: Roteiro: Marcio Miranda Perez, Produção: Lara Lima, Fotografia: Flora Dias, Montagem: Thiago Ricarte, Arte: Fernando Zuccolotto, Som: Tales Manfrinato & Pedro 
Noizyman, Música: Visavis (Nivaldo Godoy & Panais Bouki)
Elenco: Pedro Leão, Julio Machado, Tomás Decina, Dann Prates, Fernandes Jr

Facebook: 
https://www.facebook.com/lightrappingfilm/

 

O CHÁ DO GENERAL

Um general aposentado chin.

Direção: Bob Yang
Duração: 22min
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Bob Yang (Diretor), Bob Yang e Frederico Evaristo (Roteiro), Gabriel Helú (Produtor)
Elenco: Tony Lee (Huang), Kenji Ogawa (Toutou), Rebeca Lin (Chang), Lucia Zhao (Ling)
Facebook: 
http://facebook.com/ochadogeneral

 

FERROADA

Um devaneio fílmico em homenagem ao escritor-coveiro Tico, que busca, na vidamarginal, inspiração estética e política

Direção: Adriana Barbosa, Bruno Mello Castanho
Duração: 25min 
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Direção, roteiro e montagem: Adriana Barbosa e Bruno Mello Castanho Produção Executiva: Renata Jardim Diretor de produção: Marco Escrivão Produção: Laura Calasans e Alex Rocha Direção de fotografia: Rogério Che Direção de Arte: Laura Calasans Som direto e mixagem: Samuel Gambini Assistência de Direção: Thiago B. Mendonça Arte Gráfica: Artefactos Bascos Finalização de imagem: Guilherme Martins Trilha sonora original: Kiko Dinucci
Elenco: Tico e Renan Rovida
Facebook: 
https://www.facebook.com/filmeferroada/

 

DIVA

Camila se aproxima dasdrag queens que habitam a pensão de Bella.

Direção: Clara Bastos
Duração: 18min 
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: 14 anos
Equipe: Direção: Clara Bastos, Roteiro: Clara Bastos e Felipe Santo, Produção: BrunaBertolino, Direção de Arte: Renan Ramiro, Direção de Fotografia: Ana Laura Leardini e Gabriela Akashi, Desenho de som: Felipe Cadillac, Coreografia: Glaucia Rebouças, Montagem: Bruna Bertolino
Elenco: Julia Spindel, Marcia Pantera, Cleyton Nascimento, Gabriel Soares, Lui Seixas 
Facebook: 
https://www.facebook.com/divaocurta

 

 

09/06/2017 Sexta-feira  Sessão 20h15 – Curta Sampa 2- 3 Médias- 84min Classificação indicativa: 10

 

TRONCO

Em uma tarde de domingo uma família se desfaz de suas raízes.

Direção: Luna Grimberg, Leonardo Rocha
Duração: 21min 
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Direção de Fotografia: Julio Costantini Som Direto: Gabriela Cunha Edição: Eduardo Aquino Edição de Som e Mixagem: Daniel Turini Direção de Arte: Carol Ozzi Figurino: Marina Vieira
Elenco: Helena Albergaria, Edison Simão, Gustavo Trestini, Maria Paixão e Flavia Pyramo.

 

GALERIA PRESIDENTE

GALERIA PRESIDENTE é o local de trabalho, o espaço de convivência e a resistênciada cultura de imigrantes africanos que residem na cidade de São Paulo.

Direção: Amanda Gutiérrez Gomes
Duração: 19min 
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: Livre

Equipe: Amanda Gutiérrez Gomes (DIREÇÃO E MONTAGEM), Giovana Ferrari(PRODUÇÃO E PRODUÇÃO EXECUTIVA), Julia Moutinho Gallego (ASSISTENTE DE DIREÇÃO), Bianca Mafra (ROTEIRO), Clara Zamith (FOTOGRAFIA), Ana Lucia Magalhães (SOM), Santiago Mazzoli e Bruno Horowicz (EDIÇÃO DE SOM), Davi Firmino (DIREÇÃO DE ARTE)

 

 ANDANTE

Concentrando-se em um percurso de 350 quilômetros que vai do município de Águas da Prata à Aparecida do Norte (SP), "Andante" investiga questões relacionadas à fé, ao imaginário do interior e aos antigos e novos modos de vida da população rural.

Direção: Jo Serfaty, Isaac Pipano, Lucas Andrade, Pedro Pipano, Guilherme Farkas, Ricardo Fogliatto
Duração: 24min
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Produção Executiva: Giuliano Gerbasi / Produção: Giuliano Gerbasi, Leandro Garcez, Rose Pipano / Fotografia: Pedro Pipano / Som Direto, Desenho de Som: Guilherme Farkas / Montagem: Lucas Andrade

 

 MÃOS QUE CURAM

Marta prepara um bolo para a chegada de seu filho.

Direção: Gustavo Vinagre
Duração: 20min
UF/Ano: SP/2015
Classificação Indicativa: 10 anos
Equipe: Roteiro e Direção / Written and Directed Gustavo Vinagre Produção Executiva /Executive Producer Max Eluard Fotografia / Cinematography Gustavo Vinagre Direção de Arte e Figurino / Production and Costume Design Gustavo Vinagre Som Direto / Sound Gustavo Vinagre Montagem / Editing Caetano Gotardo
Elenco: Marta

 

  

10/06/2017 Sábado  Sessão 15h – Pílulas- 18 curtas de até 5min- 55min  Classificação indicativa: 16

 

 

PULSO 

Cosmos velado, pulsa e cintila sem calor.

Direção: Aline Mielli
Duração: 4min
UF/Ano: RJ/2013
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Direção, produção, edição: Aline Mielli

 

METAMORFOSES DE NARCISO

Metamorfose de Narciso ou Uma cebola na cabeça, Duo Strangloscope e Ángel Rueda. Sinopse roubada: O que é que tem este rapaz para se ver ao espelho todo o dia? Uma cebola na cabeça. O homem converte-se em vegetal pelo sono pesado da fadiga e os deuses pela hipnose transparente de suas paixões. Mas tu, Narciso, formado por temerosas manifestações perfumadas de adolescência transparente, tu dormes como uma flor de água. Narciso, na sua imobilidade, absorvido pelo seu reflexo com a lentidão digestiva das plantas carnívoras, torna-se invisível. Dele só fica a curva alucinante de brancura da sua cabeça, a cabeça de novo mais delicada, a cabeça sustentada na ponta dos dedos da mão insensata, da mão terrível, da mão coprofágica, da mão mortal do seu próprio reflexo. Quanto esta cabeça se fender, quando esta cabeça se rachar, quando esta cabeça se despedaçar violentamente, será a flor, o novo Narciso, Leandro - o nosso amor.

Direção: Duo Strangloscope, Ángel Rueda
Duração: 4min
UF/Ano: SC/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Cláudia Cárdenas, Rafael Schlichting, Ángel Rueda
Elenco: Leandro Schip (In Memorian)

 

PRIMEIRO ENSAIO

 

Entre ditos e não ditos, sobre tentar e fazer documentários.

Direção: Daniel Couto
Duração: 5min 
UF/Ano: MG/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Daniel Couto (Direção), Daniel Couto (Roteiro), Ian Dias (Fotografia), Daniel Morais (Concepção sonora), Daniel Couto (montagem)

REVERSO SOBRE CÃES E NÉVOA

Sem sinopse.

Direção: Carlos Magno, Mariah Phillippe
Duração: 5min
UF/Ano: MG/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: ccc

 

AMIGO ESPECIAL ,

Uma amizade colorida.

Direção: Cleyton Xavier 
Duração: 2min 
UF/Ano: RJ/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Edição, Montagem e Pesquisa: Cleyton Xavier

 

CONTRAPONTO

Uma síntese entre duas experiências temporais opostas. Meditações sobre a tirania e a volatilidade do tempo. Transições abruptas, a musicalidade da ficção.

Direção: Cristiana Miranda, Igor Cabral, Löis Lancaster, Mariana Bley
Duração: 4min 
UF/Ano: RJ/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Cristiana Miranda Igor Cabral Löis Lancaster Mariana Bley
Elenco: Cristiana Miranda Mariana Bley

 

 VENTANAS DEL AYER

El rescate de memorias en mis archivos fílmicos. No hay otros paraísos que los paraísos perdidos. Para Flora.

Direção: Bruno Risas
Duração: 1min 

UF/Ano: SP/2013
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: realização: Bruno Risas
Elenco: Flora Dias

NÃO-BINÁRIO#1

Esse processo criativo se dá a partir da fusão de imagens do meu corpo com imagens de outro corpo, acionando alteridades para gerar um corpo híbrido, a partir da mistura dos nossos órgãos reprodutores. A fusão dos corpos nesse vídeo, projetado em looping, gera uma corporeidade que não se tenta definir pelo gênero homem/mulher ou feminino/masculino

Direção: Michelle Queiroz
Duração: 3min
UF/Ano: SP/2014
Classificação Indicativa: 14 anos
Equipe: Michelle Queiroz Marcel Mars

BLASFÊMIA-SUBSTANTIVO FEMININO

Gênesis recontada a partir das experiências de uma garota criada apenas por mãe.

Direção: Daniela Távora
Duração: 2min
UF/Ano: RS/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Câmera: Daniela Távora e Itapa Rodrigues
Elenco: Atores: Daniela Távora e Nanci Távora

 

DEUTERONÔMIO22

Em um lugar pobre, distante e atemporal, a predominância da violência e da cultura do estupro faz ocorrer um milagre que levantará uma questão a respeito da doutrina de justiça, mas também sobre o ideal do livre-arbítrio.

Direção: Érico Luz
Duração: 5min
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: 14 anos
Equipe: Diretor de Atores: Sérgio Ponti / Assistente de Direção: João Vitor Alvarenga / Fotografia: Lucas Duarte / Figurino: Leila Souza / Maquiagem: Maria Aparecida Gustavo / Pós-Produção: Marcelo Santa Cruz
Elenco: Débora Madara, Fernanda Santos, Lourenço Pereira

 

FLORAIS SINTÉTICOS (SOSADORES/APLICADORES)

Este é o terceiro filme da série ‘Florais Sintéticos’. A série de vídeos fala sobre umdelírio social: a busca pela cura através de medicamentos muitas vezes estéreis. De forma poética os filmes abordam questões como o consumo de remédios e o excesso do contato com material industrial a que temos sido submetidos. Em ‘Florais sintéticos (aplicadores/dosadores)’ a narrativa se desenrola em torno de objetos inventados paraaplicação dos florais, remédios criados a partir de flores artificiais, uma paródia lúdicae absurda com os florais de Bach.

Direção: Dayane Gomes
Duração: 1min
UF/Ano: MG/2014
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Dayane Gomes - Edição Dayane Gomes - Direção
Elenco: Dayane Gomes

 

111

Cinco jovens negros em um carro. 111 tiros da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Ossons. O genocídio. A negligência.

Direção: Mateus Gigante
Duração: 1min
UF/Ano: SC/2016
Classificação Indicativa: 16 anos
Equipe: Direção, Roteiro e Produção: Mateus Gigante; Fotografia, Edição e Mixagem: Mateus Mossmann; Assistente de direção: Ana Paula Bittencourt; Assistente de fotografia: Bruno Kohler.
Elenco: Roberta Lira e Felipe Moncorvo.

 

PEQUENAS ÓRBITAS

Um estudo do cotidiano e do deslocamento espacial, com alguns personagens anônimos do Rio de Janeiro. Pequenas órbitas é como um zoom antropológico, e decerta forma um percurso que revela caos existencial, o efêmero e o improvável.

Direção: Duda Las Casas
Duração: 1min
UF/Ano: RJ/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Imagens e edição: Duda Las Casas Efeitos visuais: Sol Galvão

 

BEBELO - OU O MISTÉRIO É O ENCANTO DA VIDA

A misteriosa beleza do amanhecer.

Direção: Ythallo Rodrigues
Duração: 5min
UF/Ano: CE/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Produção: Filmes de Alvenaria e O Berro Filmes; Realização: Ythallo Rodrigues; Som direto da noite: Pedro Diógenes; Música: Belchior

 

O CORTIÇO

Uma realidade em que o sangue de mulher preta e periférica se mistura e se soma às escamas e tripas de peixe como um destino já traçado Uma realidade em que a única escolha de uma mulher marcada pela pele negra e pelo suor da escravatura é a morte, é o suicídio, é o aborto. Uma realidade em que a morte da escrava ingênua eenganada é gerada e abortada pelo ventre rasgado de lado a lado. Uma realidade emque toda carta de alforria é uma mentira. Uma realidade descrita sob o olhar de um homem branco no apogeu do naturalismo do século XVII e que o anacronismo ainda é um nome.

Direção: Malu Ramos
Duração: 3min 
UF/Ano: MG/2014
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Roteiro/montagem - 2° ano E.M. do Instituto Gabriela Leopoldina Narração -Sarah Luiza Fotografia/Direção - Malu Ramos Sonoplastia - Davi Pantuzza

 

METANOIA

Um habitante de um planeta distante é apaixonado pela Terra e toda sua diversidade.Solitário e triste, ele decide que é hora de partir em busca de seus sonhos.

Direção: Renan Riso
Duração: 4min 
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Direção, produção e edição: Renan Riso Assistente de produção: Simone Ribeiro de Souza

 

OLHAR ESPELHAR

Uma viagem à natureza, em busca do conhecimento e da conexão com a Mãe Terra. Um filme experimental filmado em super 8 mm

Direção: Mateus Almeida da Silva
Duração: 3min 
UF/Ano: SP/2015
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Direção, Fotografia, Montagem (tomada única) - Mateus Almeida da Silva 
Elenco: Vera Lucia Almeida da Silva 
Facebook: 
https://www.facebook.com/OlharEspelhar

 

NÃO- BINÁRIO #2

Esse processo criativo se dá a partir da fusão de imagens do meu corpo com imagens de outro corpo, acionando alteridades para gerar um corpo híbrido, a partir da mistura dos nossos órgãos reprodutores. A fusão dos corpos nesse vídeo, projetado em looping, gera uma corporeidade que não se tenta definir pelo gênero homem/mulher ou feminino/masculino . Concepção, câmera, edição: Michelle Queiroz Corpos: Michelle Queiroz e Marcel Mars ano: 2014

Direção: Michelle Queiroz
Duração: 2min
UF/Ano: SP/2014
Classificação Indicativa: 14 anos
Equipe: Michelle Queiroz Marcel Mars

 

 

10/06/2017 Sábado Sessão 16h15 – Trash Sampa- 5 curtas e 2 médias - 87min  Classificação indicativa:18 anos 

 

 

 ELHO MALDITO

Quais as consequências de um pedido inocente?

Direção: Henrique Tadeu Cestarolli
Duração: 7min 
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: 12 anos
Equipe: Henrique Tadeu Cestarolli (Direção) Ana Isabel Aguirre Reyes (Direção de Fotografia) Marcelo Silva (Direção de Arte) Rafael Lopes (Eletricista)
Elenco: Ana Carolina Cortés de Andrade (Atriz) Clara de Biagio (Atriz) Larissa Gasparotto (Atriz) Rafael Lopes (Ator) Marcelo Silva (Ator) 
Facebook: 
https://www.facebook.com/curtaelhomaldito/

 

AFONSO É UMA BRAZZA

Afonso Brazza se tornou bombeiro por amor à profissão. Também por amor, era cineasta e ator. Com oito filmes produzidos, dirigindo e atuando em todos, Brazza foi um dos mais originais diretores do cinema brasileiro. Faleceu aos 48 anos, vítima de Câncer. O material do documentário foi realizado antes da sua morte e mostra nosso herói combatendo incêndios na vida real e bandidos na ficção, era um sonhador. Sua história diverte e emociona.

Direção: James Gama, Naji Sidki
Duração: 24min 
UF/Ano: DF/2015
Classificação Indicativa: 12 anos
Equipe: Produção Executiva: Naji Sidki, Kátia Coelho e James Gama Direção: James Gama e Naji Sidki Roteiro: James Gama, Naji Sidki e Pablo Ferreira Fotografia: Naji SidkiEdição: Pablo Ferreira Som Direto: Chico Bororo, Acácio Campos Filho e Fernando Albuquerque Edição de Som: Tide Borges, Ricardo Zollner e Lia Camargo

 

TATE PARADE

Após ter sido brutalmente assassinada pela família Manson, Sharon Tate volta do além para vingar sua morte e salvar o seu bebê.

Direção: Marja Calafange
Duração: 9min 
UF/Ano: PR/2013
Classificação Indicativa: 14 anos
Equipe: Direção: Marja Calafange, Ass. de Direção: Everton Seino, Roteiro: Marja Calafange e Bruna Michelin, Atriz: Guenia Lemos, Direção de Fotografia: Rosano Mauro Jr., Primeiro Ass. de Fotografia: Débora Vecchi, Segundo Ass de Fotografia: Johann Stollmeier, Direção de Arte: Priscilla Ullmann, Primeiro Ass. de Arte: Rodrigo Carvalho, Segundo Ass. de Arte: Bruna Michelin, Produção Executiva: Andréa Tristão e Marja Calafange, Produção de Locação: Leonardo Goulart, Maquiagem: Andréa Tristão, Figurino: Priscilla Ullmann, Edição: Everton Seino, Design de Som: Demian Garcia, Trilha Sonora: Demian Garcia, Design Gráfico: Marja Calafange e Bruna Michelin, Still: Johann Stollmeier e Marco Novack, Coloração: Everton Seino e Marja Calafange, Produtora: Retalho Filmes, Produtora de Apoio e Distribuição: Moro Filmes,
Elenco: Guenia Lemos

 

A HISTÓRIA DE LIA

Lia é uma adolescente que vive num lar doentio e violento. Para fugir das frequentes tensões do dia-a-dia, ela se envolve com um grupo de jovens marginais e acaba por se entregar às drogas. Mas a tragédia se desencadeia quando ela é possuída por sua amiga invisível.

Direção: Rubens Mello
Duração: 13min
UF/Ano: SP/2010
Classificação Indicativa: 18 anos
Equipe: Direção: Rubens Mello Produtor Executivo: Rubens Mello Roteiro: Rubens Mello Assistente de Direção: Rogério Schiavinatto Diretor de Fotografia: Raphael Enes e Diogo Maia Operador de Câmera: Raphael Enes e Diogo Maia Som direto: Luiz Fernando Silva Edição: Leo Grego Música e trilha original: Kalau Sonoplastia e mixagem: André Hime Direção de Arte: Rogério Schiavinatto Maquiagem FX: Rubens Mello e Rogério Schiavinatto Design da Criatura: Rubens Mello Produção de Campo: Lika Carósio Assistente de Produção e iluminação - Claudio Roberto Moreira (Zeca) Preparadora de Elenco - Mari Moi Figurinista: Lika Carósio Maquiagem: Mari Moi 

Elenco: Karina Bez Batti Donata Emiliano Judson Oliveira Bianca Marcella Lane ABC Elton Prado

 

O EXPERIMENTO

O EXPERIMENTO narra a breve, porém intensa, jornada de Bárbara, uma deficiente visual que, em meio a um apocalipse zumbi, é contaminada pela mordida de um morto-vivo. Amparada pelo namorado Jorge, ambos buscam abrigo quando se deparam com Dr. Vicente, um médico que desenvolve experimentos para reverter os efeitos da contaminação. O curta instiga questionamentos sobre o comportamento das pessoas e seus valores. Estejam elas vivas ou mortas.

Direção: Geisla Fernandes, Wllyssys Wolfgang
Duração: 16min 
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: 12 anos
Equipe: Direção: Geisla Fernandes e Wllyssys Wolfgang, Produção: Alexandra Castro Conceição, Duana Aquino e Wallace Nunes Oliveira, Roteiro: Rony Saqqara e Vinícius Lima. Costa, Direção de Fotografia: Lucas Valentim e Ricardo Schwartz, Operadoras de Câmera: Ilana Zannini e Mariane de Palma, Montagem: Mauro Junior, Música Original: Caleb Mascarenhas, Som direto: Paolo Giorlando, Edição de som: Thais Maestrello e Paolo Giorlando, Efeitos Visuais: Jorge F. de Souza e Vanessa Donato, 
Elenco: Elenco: Juliana Lourenção, Philipp Lavra, João Signorelli, Ana Paula Lopez e Emmilio Moreira, Núcleo Experimental de Cinema do MIS: Lais Garcia e Vanessa Ferreira. 
Facebook: 
http://facebook.com/curtaOExperimento 
Website: 
http://www.wwfilmes.com.br/OExperimento

 

ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE

Uma noiva, um policial e um eremita fogem de um grupo de zumbis. Mas a lealdade do grupo pode mudar conforme os membros vão sendo contaminados.

Direção: Danilo Arantes Morales
Duração: 5min 
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: 10 anos
Equipe: Danilo Morales - Diretor - Roteirista - produção - produção executiva Filipe Soriano - Direção de Fotografia Jeziel Bueno - Edição Bruno de Oliveira - Artes Gráficas
Elenco: Tuane Melo - Bonny Ribeiro - Tiago Duarte Freire

 

SAMANTHA

Uma mulher fan.

Direção: Vinicius J. Santos, Ana Rosenrot
Duração: 13min
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: 14 anos
Equipe: Dire
Elenco: Ana Rosenrot, Julio Cesar

 

 

10/06/2017 Sábado  Sessão 18h – Banco Imobiliário- 65min   Classificação indicativa:12 anos

 

 

BANCO IMOBILIÁRIO

Brian caminha por seu bairro de infância, procurando novas áreas para uma incorporação imobiliária. Romeo, em seu escritório envidraçado, desenha uma estratégia de marketing. Carla planeja seus novos investimentos vendo a cidade do alto. Um jogo de tabuleiro. Uma imagem de futuro. Um projeto de cidade.

Direção: Miguel Antunes Ramos
Duração: 65min
UF/Ano: SP/2016
Classificação Indicativa: 12 anos
Equipe: Roteiro e Direção / Written and Directed Miguel Antunes Ramos Produção Executiva / Executive Producer Max Eluard Direção de Produção / Director of Production Carlos Barbosa Fotografia / Cinematography Alexandre Wahrhaftig Som Direto / Sound Jonathan Macias, Tales Manfrinato, Guilherme Shinji Montagem / Editing Lia Kulakauskas

 

 

10/06/2017 Sábado  Sessão 19h30 – Destaque Tela Brilhadora1 - GAROTO- 76min   Classificação indicativa: Livre

 

GAROTO

Inspirado no conto O Assassino Desinteressado Bill Harrigan, do escritor argentino Jorge Luis Borges, o filme acompanha um jovem casal que se encontra em um lugar encantado, onde experimentam uma aventura amorosa e espiritual. Tudo muda quando o rapaz, inesperadamente, comete um crime que conduz os dois à separação. No entanto, uma série de eventos inquietantes os reunirá mais uma vez.

Direção: Julio Bressane
Duração: 76min
UF/Ano: RJ/2015
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Direção JÚLIO BRESSANE Roteiro JÚLIO BRESSANE, ROSA DIAS Fotografia PEPE SCHETTINO Montagem RODRIGO LIMA Música GUILHERME VAZ Produtor BRUNO SAFADI Produção TB PRODUÇÕES
Elenco: MARJORIE ESTIANO, GABRIEL LEONE, JOSIE ANTELLO

 

 

11/06/2017 Domingo Sessão 15h – Curtas Livres- 118min   Classificação indicativa: 16 anos

 

 

Filmes premiados na MFL2017

 

ALGO DO QUE FICA,

Avó e neta estão de mudança da casa onde vivem no centro de Goiânia, ao lado do lote do acidente do Césio 137. Em breve a casa será demolida para a construção de um museu. Enquanto isso, uma estranha presença orbita pela casa.

Direção: Benedito Ferreira
Duração: 23min 
UF/Ano: GO/2016
Classificação Indicativa: 12 anos
Equipe: Direção e roteiro: Benedito Ferreira, Produção executiva: Lidiana Reis, Direção de fotografia: Larry Sullivan, Direção de arte e figurinos: Wilma Morais, Montagem e finalização: Maurélio Toscano, Som direto e mixagem: Thiago Camargo, Direção de produção: Bárbara de Almeida.
Elenco: Maria Sisterolli, Larissa Sisterolli, Oldom Bonfim, Cleonice Souza, Flávia Monik, Gabriela Marinho, Janayna Nayume, João Paulo Falcão, Kadu Marques, Kailany Souza e Nick Tavares

 

AS ONDAS

À beira-mar, um refletor estroboscópico sonha com uma fábrica de manequins.

Direção: Juliano Gomes, Léo Bittencourt
Duração: 13min 
UF/Ano: RJ/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Produção Executiva: Sabrina Bitencourt / Cor e Finalização: Frederico Benevides / Edição de som: Fábio Andrade / Mixagem: Roberto Leite / Assistência de Mixagem: Breno Poubel / Contrarregra: Wellison Rodrigues / Arte gráfica: Felipe Braga / Efeitos Especiais: Equipe M / Elenco: Água, manequins, fogo, lâmpadas, um gato

 

CHEIRO DE MELANCIA

Cíntia era pequena quando sua mãe lhe contou sobre o cheiro de melancia, o cheiro que se sente quando o tubarão está por perto. Luísa, 10 anos mais nova que sua irmã, nunca viu o mar. Uma ruína no litoral guarda pedaços da memória e um pesadelo que Cíntia não consegue lembrar o final.

Direção: Maria Cardozo
Duração: 16min 
UF/Ano: PE/2016
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Roteiro e Direção: Maria Cardozo, Elenco: Cíntia Lima e Viviane Braga, Direção de Fotografia: Giovanna Pezzo, Direção de Arte: Lia Letícia, Figurino: Beto Normal, Som Direto: Guga Rocha, Assistente de Som: Daniel Moraes, Montagem: Beatriz Baggio, Desenho de som: Kiko Santana, Produção Executiva: Mariana Jacob, Direção de Produção: Fernanda Cordel, Produtoras: Mariana Jacob e Fernanda Cordel , Produtores Associados: Petrônio Lorena e Tiago Scorza.
Elenco: Cíntia Lima e Viviane Braga 
Facebook: 
https://www.facebook.com/cheirodemelancia/

 

SATAN SATIE OU MEMÓRIAS DE UM AMNÉSICO

"Um conquistador, de tempos em tempos, indomável, desola um canto do mundo e desaparece. Será o Diabo?" Inspirado nos desenhos, escritos e músicas de Erik Satie (França, 1866-1925).

Direção: Juruna Mallon, Lucas Parente
Duração: 34min 
UF/Ano: RJ/2015
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Roteiro e direção : Juruna Mallon e Lucas Parente Fotografia e câmera : Daniel Correia e Guto Parente Assistente de direção : Ticiana Lima Som : Juruna Mallon Figurino e desenhos : Flávia Memória
Elenco: Ornella Volta, Guto Parente, Sey Samba, Hervé Masquelier, Nabil, Jules Labrousse 
Website: 
http://cargocollective.com/lucasparente/Satan-Satie-2015

 

VANDO VULGO VEDITA

Vando (vulgo Vedita) não é visto faz um tempo nas ruas da Barra.

Direção: Adréia Pires, Leonardo Mouramateus
Duração: 20min 
UF/Ano: CE/2016
Classificação Indicativa: 16 anos
Equipe: Produção Geane Albuquerque, Andréia Pires e Leonardo Mouramateus, Direção Andréia Pires e Leonardo Mouramateus, Roteiro Andréia Pires e Leonardo Mouramateus, Empresa Produtora Praia à Noite, Fotografia Victor de Melo, Montagem Tomás von der Osten, Trilha Sonora Banda Glamourings, Som direto Rodrigo Fernandes, Figurino Milton Sobreira
Elenco: BRUNA PESSOA, DANN CAMPOS, BIRA FELIPE, ELLEN GABRIELE, GABRIEL FARIAS, GETÚLIO CAVALCANTE, JACQUELINE PEIXOTO, LEONARDO WILLIAM, LUCAS GALVINO, LUCAS KAHLO, MACAKIN DAS GALÁXIA, MATEUS MESMO, MILTON SOBREIRA, SARA SÍNTIQUE, VERONIK VIOLENCIA.

 

DIÁRIO DE BORDO

Filme que parte de uma experiência pessoal para pensar como a distância afeta na percepção do que se passa em um lugar ou situação. Qual a possibilidade ou impossibilidade de conexão com realidades em outros territórios e como a realidade de um lugar afeta a realidade pessoal e sentimental de cada um. O filme foi uma proposta de edição durante apenas um dia de imagens feitas aleatoriamente e sem propósito definido durante viagens naquele mês.

Direção: Bruna Lobo
Duração: 12min 
UF/Ano: RJ/2016
Classificação Indicativa: 
Equipe: Montagem Bruno Caracol. Filme realizado durante vivência proposta por Movimento e Gato Aleatório em Boticas, Portugal. Agradecimentos a todos que diretamente ou indiretamente fazem parte deste filme.

 

 

11/06/2017 Domingo  Sessão 17:30 – Longa Livre 2 - 70min   Classificação indicativa: 14 anos

 

NÃO ME FALE SOBRE RECOMEÇOS

Anotações audiovisuais sobre o indivíduo e o estado. O filme se utiliza das mais variadas formas de material encontrado para conceber um jogo de citações verbais e imagéticas que discorre sobre conceitos históricos de arte, cinema e política a partir de um imperativo da imagem.

Direção: Arthur Tuoto
Duração: 70min 
UF/Ano: PR/2016
Classificação Indicativa: 14 anos
Equipe: Direção / Montagem / Produção - Arthur Tuoto.

  

 

11/06/2017 Domingo  Sessão 19h – Curta o Longa - 83min   Classificação indicativa: 12 anos

 

 

COM O TERCEIRO OLHO NA TERRA DA PROFANAÇÃO

Três garotas desenham seu cotidiano com pequenas magias. A cidade de Nilópolis se revela uma terra misteriosa e Sofia, Gai e Tina ocupam as ruas noite, curtem o show da Trash no Star e fortalecem sua amizade com bruxaria e rodinha punk.

Direção: Catu Rizo
Duração: 66min 
UF/Ano: RJ/2016
Classificação Indicativa: 12 anos
Equipe: Argumento Catu Rizo Roteiro Coletivo Assistente de Direção: Helena Lessa / Preparação de ator Bruno Reis - Lívia de Paiva Fotografia: Lucas Andrade - Pedro Lessa Som: Fabricio Rodrigues / Gustavo S. Pires / Vanessa Alcântara Arte: Dalila Aguiar - Patrícia Cavalheiro Produção: Brenda Melo - Fernanda Hiraga - Lucas Texeira Montagem : Elena Meirelles - Gabriela Rizo - Petrus de Bairros Alimentação: Brenda Melo -Maria Rizo - Raimunda Theophilo -Paula Silva mixador: Tomaz Griva Viterbo correção de cor: Pedro Félix 
Elenco: Dalva de Andrade Flaviane Damasceno Fernanda Carvalho Joana Ribeiro Rubens Gabriel Ferri Lucas Gibi Brenda Melo Milton Catarino Ferreira Lú Anjos 
Facebook: 
https://www.facebook.com/Com-o-terceiro-olho-na-terra-da-profana%C3%A7%C3%A3o-584715661631408/?fref=

 

 

 

Matilha Cultural traz exposição de grafite Fumaça Orgânica

 

Elementos da natureza são tema para as obras apresentadas

 

No dia 6 de junho, a partir das 19 horas, a Matilha Cultural inaugura a exposição Fumaça Orgânica, do artista Randal Bone. A natureza é inspiração para o artista, grafiteiro e tatuador paulistano que atua desde 2002. Seus traços são orgânicos e seu estilo é original. As maiores referências de Randal estão nas culturas tradicionais. A exposição vai até 01 de Julho, com entrada gratuita. Horários: de terça-feira a domingo, da 12h às 20h. Aos sábados, das 14h às 20h.

Em sua trajetória, Randal Bone desenvolveu uma série de ações e projetos, em todo o Brasil. Entre eles se destaca a Galeria a Céu Aberto (realizado junto ao grupo Opni), projeto que desde 2009 ressignifica as ruas e vielas de São Mateus, zona leste paulistana, transformando-as em um museu de arte urbana. Foi contemplado por dois anos consecutivos (2011 e 2012) no Programa VAI, com o projeto "Vai vendo: cultura em material representando", coordenando todas as ações envolvidas: oficinas de graffiti, capoeira e percussão. O artista possui também uma sólida experiência como educador cultural, atuando principalmente com jovens em liberdade assistida. O compartilhamento de experiências e conhecimentos com esses jovens, expandiu sua percepção de realidade e contribuiu significativamente para suas ações culturais. Seus trabalhos artísticos já foram expostos em âmbito nacional e internacional: principal atração do 1o Festival de Tattoo La Familia Ayara, em Bogotá - Colômbia (2014), realizando um intercâmbio cultural na cidade; participou da 1a Bienal Internacional Graffiti Fine Art no MUBE (2010); Universo Paralelo - festival cultural que acontece na Bahia (2008-2009); Cenário de estréia do programa "Manos e Minas" da TV Cultura (2010); Encontro Paulista de Hip- Hop (2009 e 2010); MAAU (Museu Aberto de Arte Urbana). Além disso, realiza decorações artísticas para designer de produtos e interiores, algumas marcas que contam com este trabalho comercial são: DRR posse, Jonny Size, Nike e Bagua Records.

 

 

Beat Brasilis #126 na Matilha Cultural

 

É com muita felicidade que anunciamos o retorno do BeatBrasilis de forma semanal! Nossa nova casa será a MATILHA CULTURAL que abriu as portas para receber nosso projeto todas as quartas. 

Para quem não conhece ainda: 

É um encontro de Djs, Mcs, Musicos, Produtores, Beatmakers. Toda quarta-feira na Casa Brasilis das 15h até as 21hs.
Funciona da seguinte maneira: O primeiro a chegar escolhe um disco aleatoriamente na banquinha de discos de R$ 5,00 /10,00 e todos produzem do mesmo disco. As 20 hs mostramos nossas produças e batemos uma idéia do processo de criação / produção. Cada um usa sua maquina e trampa de fone. MPC’s , SP’s, MC’s Controladores e Softwares são bem vindos e fazem parte do encontro.
Traga sua máquina, cola com a gente !

O esquema é o mesmo de sempre nos reuiniremos para escolher um único disco de vinil que será sampleado por todos os participantes do dia. Leva sua máquina / note, fone de ouvido e vem produzir um beat com a gente.

Atenção temos que encerrar o evento as 22h, então as apresentações vão se iniciar as 20h para que todos possam se apresentar.

 

Toda Quarta

A partir do dia 31/05 

Beat Brasilis na Matilha Cultural

Das 15h as 22h 

Entrada Gratuita

Mais informações:

Casa Brasilis  

Facebook Beat Brasilis 

 

 

 

SHOW PROTESTO - GRANDE ATO COM TODOS OS MOVIMENTOS DO RAP #DIRETASJÁ

DIA 31 DE MAIO

ATO PELAS DIRETAS JÁ!

SHOW PROTESTO!

>>> RZO CONVOCA<<<

Será na galeria da Matilha Cultural, Show com muita Discussão e Protesto. 

Entrada Gratuita

A partir das 18h

 

Confirme Presença no evento Ato Pelas Diretas Já - Show Manifesto

O Movimento das DIRETAS JÁ, impulsionado por vários membros do movimento RAP, visa encontrar uma solução democrática para essa crise aguda que assola o país. Sabendo e sentido na própria carne o sofrimento da população excluída, o Movimento clama em nome de todos que representa e da população em geral por uma renovação junto essa classe política descreditada e corrupta, que não possue mais condições políticas e moral para continuar a frente da Nação. As lideranças do Movimento RAP, presentes neste Ato, conclama a população a juntar a nós nessa Bandeira, e lutarmos por melhor qualidade de vida e melhor representatividade, e acreditamos que o primeiro passo é a convocação de Eleições Diretas Já, para Presidente da República e Eleições Diretas Já, para renovação na Câmara e no Senado. Queremos lutar pelo desenvolvimento imediato do nossa país e de nossa sociedade expurgando todos os políticos que nos precipitaram nesta crise profunda.

QUEM ESTARÁ NO DIA:
RZO
Haikaiss
Sombra
TIO FLESH do SP Funk
DBS Gordão Chefe
Síntese
CRONICA
La Raza Rap
FUNÇÃO RHK
Big da Godoy
Negredo
LetuL
Familia 4 Vidas
Rap Laker
VALENTE
NEG - Família Madá
CASA LOCA 13
PHANTOM
MOLA
B.L.U.N.T.
DUCORRE
Rafro ugodzilla
B.a.d Wu-Brooklin Sul
Primeiro Ato
FAMILIAODISSEIA
Mc Correria
LORDE JOKER
Philliaz
B.A.D. TRIBUNAL POPULAR
DiggitalFox Wu
Barbara Bivolt
MAURICIO DTS
Wagner Vox Rã III
Nego Max
Du Bronk's
Vinicius Bitrinho
Os X-daquestão
ROSANA BRONX
Bomba Spfunk


DJS:
DJ CIA
Djcelo Brasil
Rodrigo Djrm Mello
DJ3D
Dj Pow Brasil
DJ SERGINHO


#CHAMATODOMUNDO 
#diretasja #Rap #RZO #ato #Protesto #matilhacultural

 

Música e dendê! - Acarajé da Moça edição vegetariana "Sabores e Sabores da vida Feira a Mão"

O tradicional Acarajé da Moça recebe DJ KL Jay na Matilha Cultural

 

 Dia 26 de Maio a partir das 19h, acontece mais uma edição do tão esperado Acarajé da Moça, uma festa gastronômica itinerante, do e para o Acarajé, que circula pelo Brasil, sempre acompanhada de boa música, arte, inspiração, e uma conversa em volta do tacho.

 

A paixão da Moça, é manter a forma tradicional de fazer o Acarajé, buscando o dendê mais puro, o preparo da massa feita com o feijão fradinho escolhido, lavado e moído pelas mulheres da família, do entorno, do bairro, e batido com uma grande colher de pau até a massa dar o ponto.  Nessa festa, o Acarajé é sempre frito na hora, na fervura do tacho quente de dendê, que quando feito com esmero espalha um irresistível aroma pelo ar.

 

Nesta edição, a Moça tem a honra de receber o ilustre DJ KL Jay, e atendendo a pedidos oferece uma edição vegetariana, retomando os tempos antigos, quando o Acarajé era servido apenas com uma boa pimenta! Mas calma, vai ter vatapá e caruru vegetariano para quem não resiste.

 

A festa é  comandada por Leandra Silva, devota e agraciada por Oya na arte de fazer um bom Acarajé. Jornalista, produtora, viajante, e sobretudo, uma moça cujo cordão umbilical conecta  fronteiras entre África, Salvador e São Paulo. Especialista em fazer o tacho ferver... quem nunca viu, vem a ver!!!

 

Entrada: 5$

 

 

Pré-estreia Pedaços de Erich Eichner Mariani dia 3 de junho no Cine Matilha

Produtora carioca lança filme de terror, investe no gênero e se estabelece como um espaço multidisciplinar

Dia 3 de junho, ás 19h

Entrada gratuita

 

 

Sinopse:

 

Ricardo (Carmo Dalla Vecchia) é um artista renomado no Rio de Janeiro que planeja remontar sua falecida esposa a partir de pedaços de outras mulheres a fim de montar sua última obra prima.

 

Com a predisposição de emissoras de tvs, festivais e salas de cinema expandirem a exibição de filmes de terror, no próximo dia 28 de abril, acontece às 19h na Matilha Cultural o lançamento de PEDAÇOS em São Paulo.

 

Dirigido por Erich Eichner e Pedro Punk, com produção do Studio Contra - o filme conta a história de Ricardo (Carmo Dalla Vecchia), um artista plástico de sucesso que vê a vida pessoal entrar em crise após a morte de sua mulher. Incapaz de superar a perda, parte para a criação de uma instalação feita com corpos humanos.

 

Fotografia

 

A fotografia foi toda planejada para se assemelhar aos filmes slasher dos anos 80 (psicopatas). Se apropria de pontos escuros, trabalha com a luz contra mais intensa, e com bastante zona escura. PEDAÇOS foi filmado em 4K com uma câmera RED, e durante uma semana a produção usou steady cam, slider, três câmeras GH2 Panasonic com lente de angenieux para suporte de 16`` adaptado , lente compact prime da Zaaiz, Canon 5D com lentes série L.

 

DIRETORES

 

Pedro Punk - diretor, diretor de fotografia e especialista em efeitos especiais físicos. Na área de fotografia, trabalhou em cinco longas e mais de 20 curtas, a maioria no gênero terror. Como diretor assinou videoclipes, institucionais e comerciais. Foi Maquiador de Efeitos na série “Conselho Tutelar” da Rede Record (2014) e seu primeiro trabalho autoral é o curta “Pedaços”, codirigido por Erich Eichner

 

Erich Eichner é músico e produtor já bastante conhecido no universo do horror. Iniciou sua carreira há 13 anos com performances utilizando sangue e carne crua até fundar a banda Maldita, uma das grandes bandas independentes do Brasil, na linha de espetáculo shock rock.

 

STUDIO CONTRA

 

Produtora de áudio e vídeo que realiza trabalhos nas áreas de produção musical, trilha sonora, produção audiovisual para televisão, cinema e outras mídias. O Studio Contra nasceu como uma produtora audiovisual de trabalhos autorais em gêneros como terror, ação, ficção científica e fantasia. Após dois anos de vida , o estúdio abriu suas portas da sede na Gávea e passa a funcionar também como espaço cultural. Os eventos realizados, com entrada gratuita, expõem  trabalhos independentes que refletem o que há de mais atual na cena. Como espaço multidisciplinar, abriga desde exposições de arte, shows, performances, exibições de filmes até showrooms de novos designers.

 

www.studiocontra.com

 

www.vimeo.com/studiocontra

 

www.facebook.com/studiocontra

 

 

FICHA TÉCNICA

 

Erich Eichner Mariani – diretor / roteirista

Pedro Punk – diretor / roteirista

Duda Almeida - produtor executivo

Gabriel Zambrone - produtor

Maria Cecília Negri – produtor

Thiago Barreto de Lima Torres – platô

Fábio Rezende Carneiro Leão - mixador de som

Eduardo Kurt – diretor de fotografia

Igor Duarte - assistente de fotografia

Andre Lobo - montador/editor de imagem

Pedro Gorender - montador

Diego Holanda Zimermann – diretor de arte

Aluizio Compasso - Som direto

Scott Puttesky (aka Daisy Berkowitz) - Trilha sonora

 

Assessoria de Imprensa: Binômio Comunicação

A Era do Hotel Cambridge na programação do Cine Matilha

 

Um filme que usa a produção de forma inteligente e elegante a parecer que foi feito modestamente com as mesmas técnicas de guerrilha que retrata, para dar o poder de volta ao cidadão.

(Critíca por Filippo Pitanga - Almanaque Virtual)

 

 

Sinopse:

Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas.

 

Ficha Técnica

Direção: Eliane Caffé

Elenco: Carmen Silva (II), Isam Ahmad Issa, José Dumont mais

Data de lançamento 16 de março de 2017

Duração: 1h 39min

Gênero Drama

Nacionalidade: Brasil

 

Programação:

 

Dia: 31/05 ás 19h

Dia: 01/06 ás 17h

Dia: 03/06 ás 15h

 

 

Subscribe to this RSS feed