Matilha

Matilha

Documentário Em Frente em exibição Única no Cine Matilha

 

Dia 2 de junho ás 20h, o documentário "Em Frente" de Carol Gesser e Will Martins

em exibição única no Cine Matilha. 

 

O documentário apresenta quatro dos nomes brasileiros mais relevantes no universo dos negócios sociais que, através do uso inovador da tecnologia, têm se destacado mundialmente em questões como economia colaborativa, participação cidadã, inovação na educação e acessibilidade. Os quatro personagens retratados - Claudio Sassaki (Geekie), Lorrana Scarpioni (Bliive), Ronaldo Tenório (Hand Talk) e Bruno Aracaty (Colab.re) - representam um movimento contemporâneo e global de empresas que buscam não apenas o lucro, mas uma nova perspectiva para a sociedade.

 

Sinopse:

Ronaldo sonha com um mundo mais inclusivo. Lorrana acredita que a igualdade e a colaboração podem ser a chave para o futuro. Sassaki deixou sua vida no mercado financeiro para transformar a educação e Bruno criou uma forma de aproximar as pessoas de suas cidades. Unidos pela tecnologia, eles acreditam que há uma forma de construir um mundo diferente

 

Ficha Técnica:

Direção: Carol Gesser e Will Martins

Duração: 1h 10min.

Ano: 2016

Nacionalidade: Brasil 

Califórnia Brasileira - O hardcore punk em Santos 1991 - 1999 terá exibição unica no Cine Matilha

 

Dia 27/05 (sábado) ás 20h o documentário Califórnia Brasileira - O hardcore punk em Santos 1991 - 1999 de

Rodiney Assunção e Wladimyr Cruz 

 

Sinopse:

Documentário conta história da 'califórnia brasileira', a cena hardcore de Santos dos anos 1990

Nos anos 1990, devido a enorme quantidade de bandas independentes em atividade, o grande público presente nos shows, e claro, a sua geografia, a cidade de Santos ganhou o apelido de "Califórnia Brasileira".

Aprovado por uns, rechaçado por outros, o fato é que o apelido pegou e a importância do cenário local neste recorte histórico e inegável.

Em uma década, a ilha - sim, Santos fica em uma ilha - exportou nomes como Garage Fuzz, Safari Hamburguers, White Frogs, Sociedade Armada, The Bombers, Sonic Sex Panic, Blind e muito, muito mais. E importou em tempo real as principais tendências do hardcore e do punk americano, chegando ao ponto que tais estilos fossem a principal música jovem da cidade em meados da década de 1990, tudo isso aliado a muito surf e skate, claro.

 

 

Sobre o Cine Matilha:

 

O Cine Matilha é um ambiente "pet-friendly" e recebe constantemente o público com seus pets . O espaço possui 68 lugares, além de 2 lugares para cadeirantes. 

 

 

Em exibição no Cine matilha o filme Fatima de Philippe Faucon

 

Sinopse:

Fatima nasceu na Argélia, trabalha como doméstica e cria sozinha as duas filhas na França: Souad, de 15 anos, adolescente rebelde; e Nesrine, de 18 anos, começando os estudos de medicina. Ela não fala bem francês, o que frustra sua comunicação com as filhas, mas ainda assim ambas são a razão para que ela siga em frente. Um dia, ela cai de uma escada e fica debilitada. Enquanto se recupera, ela escreve em árabe tudo o que nunca conseguiu dizer às filhas em francês.

 

Ficha Técnica:

Título original: Fatima

Direção: Philippe Faucon

Roteiro: Philippe Faucon

Produção: Yasmina Nini-Faucon, Philippe Faucon , Serge Noel

Fotografia: Laurent Fenart

Edição: Sophie Mandonnet

Música: Robert Marcel Lepage

Figurino: Nezha Rahile

Gênero: Drama

País: França

 

Programação:

 

23/05 ás 20h  

24/05 ás 17h

25/05 ás 20h 

26/05 ás 17h  

27/05 ás 15h30

30/05 ás 19h 

31/05 ás 17h 

01/06 ás 19h 

02/06 ás 18h30 

03/06 ás 17h 

 

 

Sobre o Cine Matilha:

 

O Cine Matilha é um ambiente "pet-friendly" e recebe constantemente o público com seus pets . O espaço possui 68 lugares, além de 2 lugares para cadeirantes. 

No Cine Matilha o Documentário Martírio de Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho

 

Em exibição no Cine Matilha o Filme Documentário Martírio de Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho

 

Uma análise da violência sofrida pelo grupo Guarani Kaiowá, uma das maiores populações indígenas do Brasil nos dias de hoje e que habita as terras do centro-oeste brasileiro, entrando constantemente em conflito com as forças de repressão e opressão organizadas pelos latifundiários, pecuaristas e fazendeiros locais, que desejam exterminar os índios e tomar as terras para si. Não recomendado para menores de 12 anos.

 

Ficha Técnica

Data de lançamento 13 de abril de 2017 (2h 40min)

Direção: Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho

Elenco: Celso Aoki, Myriam Medina Aoki, Oriel Benites mais

Gênero Documentário

Nacionalidade Brasil

 

Programação:

 

23/05 ás 17h

 

24/05 ás 18h30

 

25/05 ás 17h

 

26/05 ás 18h30

 

Sobre o Cine Matilha:

 

O Cine Matilha é um ambiente "pet-friendly" e recebe constantemente o público com seus pets . O espaço possui 68 lugares, além de 2 lugares para cadeirantes. 

Cineclube Salada de Cinema e Cine Matilha apresentam ILEGAL

Em mais uma edição do Cineclube Salada de Cinema, o filme da vez é Ilegal, de Raphael Erichsen e Tarso Araujo.

Sábado dia 27/05 ás 17h, no Cine Matilha.

 

Sinopse:

Ilegal mostra a luta de um grupo de mães contra a burocracia e o preconceito para garantir aos seus filhos o direito à saúde, e como seu exemplo deu origem a um movimento nacional pela legalização da Cannabis medicinal.

 

O documentário foi realizado pela produtora paulistana 3Film em parceria com a Superinteressante. O projeto nasceu após uma reportagem de Tarso Araújo, jornalista e um dos diretores do filme, para a revista. Tarso é também o idealizador da campanha Repense, viabilizada por crowdfunding. Após o início da campanha, a menina Anny Fischer, portadora de uma epilepsia rara, tornou-se a primeira pessoa com autorização para usar cannabis medicinal no Brasil.

 

 

Sobre o Cine Matilha:

 

O Cine Matilha é um ambiente "pet-friendly" e recebe constantemente o público com seus pets . O espaço possui 68 lugares, além de 2 lugares para cadeirantes.

 

BATALHA VIVA ZN" chega ao centro da cidade Edição Especial na Matilha Cultural

Depois de 4 edições bem-sucedidas na zona norte de São Paulo "BATALHA VIVA ZN" chega ao centro da cidade e terá uma edição especial na Matilha Cultural, no dia 28 de maio a partir das 14h até 22h.

 

Idealizado pela ONG Viva ZN, o projeto busca promover um espaço de divulgação, interação e troca de conhecimento entre grupos de Rap e MCs independentes que, além de escrever suas poesias, também devem mostrar talento ao improvisar contra seu adversário.

 

Assim como nas edições anteriores, o evento será gratuito e a Viva ZN receberá doações de livros e Roupas como forma de ingresso. O intuito é mostra a força coletiva que o hip-hop pode promover no âmbito social. Além da cultura urbana a ONG também apoia a causa animal nos seus projetos e em parceria com a matilha cultural, anunciou que fará uma feira de adoção durante o evento.

 

Selos importantes do cenário do Rap nacional apoiam o evento, como a Lab Fantasma, do Rapper Emicida, que fortaleceu a última edição fornecendo as premiações em produtos da marca para os primeiros colocados da batalha.

O evento do dia 28/05 (domingo) contará com pocket shows dos grupos D'vilas, Double Haze, TL!3, Ruptura, Colapso feminino, NAAÇÃO, entre outros e as pick-ups serão comandadas pelo DJ Batata Killa.

 

Entrada Gratuita, Ingresso um livro ou peça de roupa.

 

Confirme Presença no Evento no face: https://www.facebook.com/events/1656226168020324/

Mais informações: https://www.facebook.com/vivaznsp/

 

 

Redes Sociais  Matilha Cultural

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

 

 Instagram: @matilhacultural

 

 

IV Festival de Finos Filmes no Cine Matilha

 

 4° edição Festival de Finos Filmes no Cine Matilha a partir do dia 10 a 13 de maio

 

 

 

PROGRAMAÇÃO EXIBIDA NO CINE MATILHA:

 

10/05 – Matilha Cultural – 19h30

 

Portugal em Foco I: Curtas Premiados (duração total: 50 min)

 

Exibição de premiados curtas-metragens portugueses, dentre eles “Cidade Pequena”, de Diogo Costa Amarante, ganhador do Urso de Ouro na última edição do Festival de Berlim.

 

  • A Brief History Of Princess X (7 min), de Gabriel Abrantes

 

  • Penúmbria (8 min), de Eduardo Brito

 

  • A Glória De Fazer Cinema Em Portugal (16 min), de Manuel Mozos

 

  • Cidade Pequena (19 min), de Diogo Costa Amarante

 

 

11/05 ás 18h

Programa I: (duração total: 60 min.)

 

  • O Delírio é a Redenção dos Aflitos (21 min), de Fellipe Fernandes

 

  • Fotograma (9 min), de Luís Henrique Leal e Caio Zatti

 

  • Restos (15 min), de Renato Gaiarsa

 

  • Estacionamento (15 min), de William Biagioli

 

11/05 ás 19:30h

 

Programa II: (duração total: 71 min)

 

  • Estado Itinerante (25 min), de Ana Carolina Soares

 

  • Maria Cachoeira (11 min), de Pedro Carcereri

 

  • Córrego Grande, 13 (14 min), de Carol Covre

 

  • Não me Prometa Nada (21 min), de Eva Randolph

 

12/05 ás 19h30

 

Programa III: (duração total: 60 min)

 

  • Lúcida (16 min), de Fábio Rodrigo

 

  • Obra Autorizada (16 min), de Iago Ribeiro

 

  • Iluminadas (13 min), de Gabi Saegesser

 

  • A Moça que Dançou com o Diabo (15 min), de João Paulo Maria

 

12/05 ás 18h

 

Programa IV (duração total: 75 min)

 

  • Melhor Fase da Vida (18 min), de Rodrigo Lavorato

 

  • Noite Púrpura (18 min), de Caroline Biagi

 

  • Balada dos Mortos (22 min), de Lucas Sá

 

  • Postergados (17 min), de Carolina Markowicz

 

 

13/05 ás 17h30 (78 min)

 

Cidade em Foco: Cinema de Miguel Ramos

 

Exibição do longa-metragem “Banco Imobiliário” e do curta “Comissão de Vendas”, ambos realizados pelo cineasta paulistana Miguel Ramos. Na sequência, haverá um debate com o diretor, com os arquitetos Sílvio Oskman (professor da Escola da Cidade) e Paula Santoro, da FAU-USP.

 

  • Comissão de Vendas (18 min), de Miguel Ramos

 

  • Banco Imobiliário (60 min), de Miguel Ramos

 

 

Programação Completa (aqui

 

SOBRE O FINO FILMES:

 

Finos Filmes é o selo fundado pelo cineasta Felipe Arrojo Poroger, 26. Formado em Cinema e graduando em Filosofia, estreou no universo dos curtas-metragens com “O Filho Pródigo”, em 2014, trabalho que repercutiu no cenário nacional ao sair-se premiado no CINE-PE, nas categorias Melhor Roteiro, Melhor Ator e Melhor Atriz.

 

Fez, depois disso, dois outros filmes (“Enquanto o Sangue Coloria a Noite, Eu Olhava as Estrelas” e, “Aqueles Anos em Dezembro”), que circularam – e ainda circulam – por mais de 40 festivais, dentre eles o Festival de Gramado, É Tudo Verdade, Festival de Mar del Plata IN-EDIT, Curta Cinema, Olhar de Cinema, Curta Brasília e outros. Nesse percurso, são nove prêmios acumulados.

No universo da publicidade, atua como diretor e roteirista no núcleo Bossa Lab, na Bossa Nova Films, tendo assinado institucionais da Yoki, Johnnie Walker, Santander, Bienal de Arquitetura, Colgate e outros. Além disso, realizou para a banda O Terno três vídeos, dentre entres o videoclipe da música "Depois que a Dor Passar".

Por fim, Felipe é também diretor e curador do “Festival de Finos Filmes”, mostra anual de curtas-metragens, apoiada por grandes instituições culturais de São Paulo, como MIS, FAAP, Folha de São Paulo, e internacionais, como Eye International e Finnish Film Foundation.

 

Site do Fino Filmes: https://www.finosfilmes.com.br/

Facebook do Fino Filmes: https://www.facebook.com/finosfilmes/

 

 

 

Redes Social Matilha Cultural

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

 Instagran: @matilhacultural

 

 

 

Sessão + Bate Papo dos Filmes: Esse Bumbo é Meu e Carolina

  • Published in Cinema

No dia 6 de maio (sábado), às 14h, o Cine Matilha irá exibir os curtas-documentário

“Esse Bumbo é Meu”, e “Carolina - O filme”

 

 

Ambas as produções retratam o universo da mulher negra e seu percurso de empoderamento. Enquanto o documentário “Esse Bumbo é Meu” registra o samba de bumbo, expressão musical tradicional do interior de paulista, herança do tempo da escravidão, e apresenta a luta das mulheres do samba para manter viva a cultura de seus ancestrais, enfrentando preconceitos e conflitos, a produção “Carolina – O filme”, revela a história da migrante, negra, favelada e mãe solteira, Carolina Maria de Jesus que escreveu o livro "Quarto de Despejo", best seller dos anos 60, assim como a trajetória da poeta Tula Pilar, que se funde a história da escritora do Canindé.

O evento contará com a presença do Grupo de Samba de Bumbo de Dandara, da poeta Tula Pilar (que também realizará uma cena de peça teatral inspirada na sua história e na de Carolina de Jesus) e dos realizadores das produções para um bate-papo sobre empoderamento feminino, poesia e samba.

 

 

Sinopse de Esse Bumbo é Meu:

O filme registra o samba de bumbo, expressão musical tradicional do interior de paulista, herança do tempo da escravidão. O documentário apresenta a luta das mulheres do samba para manterem viva a cultura de seus ancestrais, enfrentando preconceitos e conflitos com a política local. Soluções se apresentam, mas afinal, de quem é esse bumbo?

 

Ficha Técnica:

Direção: Ruy Reis, Paula Simões, Dagmar Serpa, Marina Chekmysheva e Daniel Mirolli

 

 

Sinopse de Carolina - O filme:

Migrante, negra, favelada e mãe solteira, Carolina Maria de Jesus escreveu o livro "Quarto de Despejo", best seller dos anos 60. Em "Carolina", a poetisa Tula Pilar se funde a história da escritora do Canindé.

 

Ficha Técnica:

Direção: Camilla Lima, Felipe Nunes,Fernanda Pithan, Jéssica Cruz e Natália Francis;

 

Evento no Face book Confirme Presença: https://www.facebook.com/events/750972585064298/

Exibição Unica dia 2 de maio, o doc. Sem Clima - Uma república controlada pelo agronegócio

  • Published in Cinema

 

Dia 02 de Maio, terça feira o Cine Matilha exibe o documentário de  Alceu Luís Castilho e Fabrício Lima

  Sem Clima - uma República controlada pelo agronegócio, ás 20h.

 

 

Sinopse: De Olho Nos Ruralistas lançou seu primeiro documentário: "Sem Clima - uma República controlada pelo agronegócio". Qual a relação entre a bancada ruralista e as mudanças climáticas? Ou, pensando no Acordo de Paris: com o Congresso que temos o Brasil será capaz de cumprir o acordo? Para tentar responder a essas perguntas o observatório entrevistou, durante sete meses, parlamentares e especialistas no tema. A equipe foi até Brasília conversar com os próprios ruralistas, mas acabou expulsa da sede da Frente Parlamentar da Agropecuária, uma mansão no Lago Sul. Por quê?

Desde o impeachment de Dilma Rousseff, em 2016, os ruralistas - que já tinham grande espaço no governo - se fortalecem ao ponto de indicar representantes em diversos postos chave do Executivo. Do Ministério da Agricultura ao Ministério da Justiça, passando pela Casa Civil. O poder político do agronegócio se multiplica.

Como eles têm agido no Congresso e no Executivo? Que leis estão aprovando, que projetos (relativos a desmatamento e terras indígenas, por exemplo) podem ameaçar os compromissos assumidos pelo Brasil? E o que pensam os parlamentares e lideranças críticos desse modelo ruralista?

 

Ficha Técnica:

Direção: Alceu Luís Castilho e Fabrício Lima

Duração: 41min.

Gênero: Documentário

Ano:2017

 

 Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1865475847038985/ 

Em exibição no Cine Matilha Com os Punhos Cerrados, de Luiz Pretti, Pedro Diogenes e Ricardo Pretti

  • Published in Cinema

 

A partir de 25 de abril em exibição no Cine Matilha um filme de  Luiz Pretti, Pedro Diogenes e Ricardo Pretti.

 

Sinopse: De uma estação clandestina, Eugenio, Joaquim e João invadem a transmissão de rádios tradicionais com poesia, música e provocações. Eles clamam por liberdade e planejam atos subversivos, o que começa a incomodar um poderoso magnata.Elenco :Luiz Pretti, Pedro Diogenes, Ricardo Pretti, Samya de Lavor, Rodrigo Capistrano, Uirá dos Reis e Guto Parente 

 

Ficha Técnica

 

Roteiro e Direção Luiz Pretti, Pedro Diogenes e Ricardo Pretti

Assistente de Direção Julia de Simone

Nacionalidade Brasil

Ano: 2014

Duração: 74min)

 

Programação 

 

 

Abril: 

 

Dia 25/04 ás 17h 

Dias 26 e 27/04 ás 20h40

Dia 29/04 ás 15h

 

 

 

Maio:

 

Dia 02/05 ás 17h e 18h30 (SESSÃO DUPLA)

Dia 03 e 04/05 ás 20h40

 

 

 

Sobre o Cine Matilha:

O Cine Matilha é um ambiente "pet-friendly" e recebe constantemente o público com seus pets . O espaço possui 68 lugares, além de 2 lugares para cadeirantes. 

Programação totalmente gratuita

Subscribe to this RSS feed