Matilha

Matilha

Matilha Cultural realiza debate sobre condição dos refugiados e representação deles na mídia

 

A Matilha Cultural realiza no dia 8 de julho um debate sobre a situação dos refugiados no Brasil. O evento também aborda como eles são representados nos meios de comunicação de massa e contará com as presenças de Omana Petench, refugiado do Congo e fundador da ONG MUNGAZI, que dissemina a cultura africana, Silvana Nuti, diretora do documentário A linguagem do Coração (que retrata a história de refugiados em São Paulo, dentre eles Omana), Eliane Caffé, diretora de Era o Hotel Cambridge e  Marcelo Haydu, da ADUS (Instituto de Reintegração de Refugiados). Antes das discussões sobre o tema, às 18h,  será apresentado o documentário A linguagem do Coração. O filme tem meia hora de duração.

Os refugiados são tema ainda da programação de julho da Matilha Cultural. No Cine Matilha, há filmes que abordam a temática de refugiados e assuntos correlatos, como Era o hotel Cambridge, A linguagem do coração, Fogo no Mar e Clash (triller sobre os protestos pró e anti-muçulmanos no Egito).

Também está em exibição até o dia 05 de Agosto a exposição Infância Refugiada, da fotógrafa brasileira Karine Garcêz, que retrata crianças e adolescentes palestinos que vivem em campos refugiados na Turquia, Síria e Egito.

 

Minibiografia dos Mediadores:

Silvana Nuti

Silvana Nuti é jornalista e cineasta. Trabalhou como repórter e editora na Folha de S.Paulo, colaborou como roteirista freelancer na Itália e em Paris, e, em Nova York, aprofundou-se em técnica de roteiro e linguagem cinematográfica na universidade The New School. Foi sócia-fundadora da Redalgo, empresa de games educativos, como Operação Cosmos, o qual ganhou o prêmio "Nave Oi Futuro, de melhor jogo educativo brasileiro, em 2008. Dirigiu curta-metragens de ficção e dois documentários, sendo A Linguagem do Coração, uma coprodução entre a Sol Filmes e a Atomica filmes, no qual assina roteiro e direção. Em 2016, o filme foi exibido no MIS (Museu da Imagem e do Som), Cine USP Maria Antônia e Cine Matilha, em São Paulo; nas Mostras Internacionais, Cine MigrArte, em Brasília, e Linhas Imaginárias, em Belo Horizonte, e, em 2017, foi exibido no Ciclo de Cinema e Debates: Direitos Humanos e Origem Nacional, promovido pelo Memorial da Justiça Federal do Rio Grande do Sul, e continua na rota dos festivais nacionais e internacionais.

 

Eliane Caffé:

 

Eliane Caffé é graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1985) e cursou o mestrado no Instituto de Estética y Teoria de las artes - Universidade Autonoma de Madrid, Espanha (1991/92). Iniciou sua carreira de cineasta com os curtas O narizArabesco Caligrama, premiados no Brasil e em Festivais Internacionais. Em 1997, dirigiu seu primeiro longa-metragem Kenoma, que foi exibido na 55th Mostra La Bienale di Venezia (Prospective) e ganhou vários prêmios, incluindo o “Soleil d’or” como melhor filme no XX Biarritz International Film Festival / França. O segundo longa Narradores de Javé recebeu também vários prêmios no Brasil e no exterior, entre os quais se destacam: melhor filme no 30º International Independent Film of Bruxelas, melhor filme e melhor roteiro no Festival de Cinéma des 3 Ameriques (Quebec / Canadá / 2004), 'Mano de Oro” como melhor filme no Festival Internacional de Cine de Punta Del Leste/ 2004. Seu terceiro longa-metragem O sol do meio dia (2010) ganhou o prêmio de melhor filme pela crítica no 33ª Mostra Internacional de São Paulo. Em 2016 finaliza o longa metragem Era o Hotel Cambridge. Na área de vídeo e TV realizou a micro-serie O louco dos viadutos (TV Cultura/ 2009), além de documentários experimentais MilÀgrimas por nós e Ceu sem eternidade. Paralelamente, coordena oficinas de audiovisual em diferentes zonas de conflito em São Paulo e interior do Brasil.  

 

 

Karine Garcêz

 

Convertida ao islã, meu primeiro contato com o Oriente Médio foi em visita à Arábia Saudita. Lá cumpri o Haji, a peregrinação em torno do Kaaba, repetindo passos dos profetas Adão, Abraão e Mohamed, um dos pilares de nossa fé. A vontade que senti de "congelar o instante", quando vi 5 milhões de pessoas, de diversas cultura em torno de um único sentimento me despertou para a fotografia.

Em 2012 fui à Faixa de Gaza, onde tive minhas primeiras aulas de fotografia. Em 2014 e 2015 viajei

para Síria, Líbano e Turquia, desta vez com um pouco mais de conhecimento na arte de fotografar,

mais que isso, o conhecimento da cultura local, importante para que possamos ter mais flexibilidade de trabalho. Isso me fez refletir sobre como o Oriente Médio é representado pela espetacularização midiática. E, consequentemente, os refugiados também são alvos dessa abordagem.

 

Omana Petench

 

 

Nascido na Republica Democrática do Congo, o professor universitário Omana Petench criou uma Organização para ajudar a denunciar violações contra mulheres e crianças em seu pais. Com isso, virou adversário do governo e participou de uma Revolta contra o Estado, sofreu perseguições, tortura, prisões e sequestro, até cruzar a fronteira em busca de proteção. Sua casa no Congo foi invadida e sua filha mais velha, morta. Refugiado no Brasil, deixou mulher e cinco filhos em Uganda. Conseguiu se reencontrar com a família em 2016, após três anos e meio de separação. 

Sobre Viagens e Amores de Gabriele Muccino

  • Published in Cinema

 

Programação gratuita mediante a doação de 1 kilo de alimento não perecível, roupas, brinquedos, livros e produtos para higiene pessoal para crianças e adultos.'

 

 

Sinopse:

Em sua primeira viagem para América, Marco e Maria, jovens Italianos, inesperadamente são recepcionados por Matt e Paul, um casal gay. A estadia na casa deles gera grandes conflitos, dúvidas e surpreendentes sentimentos são revelados. Essa viagem de alegrias e descobertas, mudará a vida de todos.

 

Ficha técnica:

Diretor: Gabriele Muccino

Elenco: Matilda Lutz, Taylor Frey, Joseph Hero e Brando Pacitto

Duração: 103 minutos

 

PROGRAMAÇÃO de 11 a 15 de julho

 

11/07 ás 19h

12/07 ás 17h 

13/07 ás 19h 

14/07 ás 17h

15/07 ás 16h 

 

 

'As Doações serão distribuídas para famílias Congolesas Refugiadas, por meio da ONG  Mungazi - LFCAB  

 

Redes Sociais Matilha 

 

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

Instragram: https://www.instagram.com/matilhacultural

 

 

 

Exibição do curta-metragem de Silvana Nuti "A linguagem do coração" + Debate

  • Published in Cinema


Sábado dia 08/07 ás 18h  (sessão+debate)

 

 

Programação gratuita mediante a doação de 1 kilo de alimento não perecível, roupas, brinquedos, livros e produtos para higiene pessoal para crianças e adultos.'

 

Sinopse:

Desde o início da guerra da Síria, o Brasil recebe mais refugiados do que os países na rota de fuga para a Europa. O Estado de São Paulo lidera o ranking de pedidos de refúgio no Brasil, sendo a maioria da Síria,  Angola, Nigéria e Congo. Além da facilidade do visto,  por que esses imigrantes escolhem o Brasil? Somada à sólida barreira da dificuldade da língua e da falta de trabalho, o país enfrenta uma das piores crises político-econômica de sua história.

Há razões que vão além das palavras. 

 

Ficha Técnica

Direção: Silvana Nuti

 

 

'As Doações serão distribuídas para famílias Congolesas Refugiadas, por meio da ONG  Mungazi - LFCAB  

 

Redes Sociais Matilha 

 

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

 

Instragram: https://www.instagram.com/matilhacultural

No Cine Matilha o Documentário Paixão e Luta de Paulo Caldas

  • Published in Cinema

 

Programação gratuita mediante a doação de 1 kilo de alimento não perecível, roupas, brinquedos, livros e produtos para higiene pessoal para crianças e adultos.'

 

 

Sinopse:

O documentário retrata o universo dos torcedores de luta, com entrevistas feitas em Manaus, Dublin, Las Vegas e Manila, revelando como o amor pela luta transformou as vidas desses fãs, para quem os lutadores são exemplos representados pela paixão, força e determinação.

 

Ficha Técnica

Diretor: Paulo Caldas

 

Sobre o Diretor:

É diretor e documentarista. Codirigiu com Lírio Ferreira "Baile Perfumado"(1997), vencedor do Festival de Brasília. Escreveu o roteiro de "Cinema, Aspirinas e Urubus" (2005), em parceria com Marcelo Gomes e Karim Aïnouz, e dirigido por Gomes. O longa foi selecionado para a mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes e vencedor do prêmio especial do júri no Festival do Rio.

 

PROGRAMAÇÃO de 7 à 8 de julho

 

07/07 ás 18h

 

08/07 ás 17h 

 

 

'As Doações serão distribuídas para famílias Congolesas Refugiadas, por meio da ONG  Mungazi - LFCAB  

 

Redes Sociais Matilha 

 

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

Instragram: https://www.instagram.com/matilhacultural

 

 

No Cine Matilha o Documentário Terra de Luta - As Origens da Luta no Brasil

  • Published in Cinema

 

Programação gratuita mediante a doação de 1 kilo de alimento não perecível, roupas, brinquedos, livros e produtos para higiene pessoal para crianças e adultos.'

 

Sinopse:

O documentário faz uma viagem pelas origens da luta no Brasil, partindo dos primeiros registros arqueológicos pré-históricos encontrados no Brasil, na Serra da Capivara (PI); passando pela Huka- Huka dos índios do Xingu, no Mato Grosso; pela Luta Marajoara, da Ilha de Marajó (PA), até a Capoeira em Salvador (BA).

 

Ficha Técnica

Diretor: Tadeu Jungle

É um artista multimídia. Entre outros trabalhos, dirigiu o curta-metragem em VR "Rio de Lama", o longametragem "Amanhã Nunca Mais" (2011), e codirigiu o documentário "Evoé - Retrato de um Antropófago", sobre Zé Celso Martinez Corrêa, criador do Teatro Oficina.

 

 

PROGRAMAÇÃO de 7 à 8 de julho 

 

07/07 ás 17h 

 

 

08/07 ás 16h 

 

 

'As Doações serão distribuídas para famílias Congolesas Refugiadas, por meio da ONG  Mungazi - LFCAB  

 

Redes Sociais Matilha 

 

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

 

Instragram: https://www.instagram.com/matilhacultural

Mês de Julho no Cine Matilha "12 de Novembro" de João Wainer

  • Published in Cinema

 

Programação gratuita mediante a doação de 1 kilo de alimento não perecível, roupas, brinquedos, livros e produtos para higiene pessoal para crianças e adultos.'

 

Sinopse:

O documentário narra o nascimento do MMA (Mixed Martial Arts), a nova era das artes marciais no mundo. A especialidade e dedicação a uma única  modalidade de luta já não é o suficiente para um lutador alcançar o topo de uma carreira vitoriosa, no mundo contemporâneo.

 

Ficha Técnica:

Diretor: João Wainer

 

 

Sobre o Diretor

 

Diretor e fotógrafo. Passou pelos jornais Folha de S.Paulo e Jornal da Tarde. Dirigiu os documentários "JUNHO - O mês que abalou o Brasil" e "PIXO" sobre o fenomêno da pixação em São Paulo. Assinou a direção de fotografia dos documentários Xpress (2009, MTV internacional / UNICEF) e na série Chico Buarque(2006/2007, TV Bandeirantes / Multishow).

 

PROGRAMAÇÃO de 07 de Julho e 08 de Julho

 

07/07 ás 16h

08/07 ás 15h

 

 

'As Doações serão distribuídas para famílias Congolesas Refugiadas, por meio da ONG  Mungazi - LFCAB  

 

Redes Sociais Matilha 

 

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

Instragram: https://www.instagram.com/matilhacultural

 

 

Mês de julho no Cine Matilha voltamos com o filme A Era o Hotel Cambridge

  • Published in Cinema

 

Programação gratuita mediante a doação de 1 kilo de alimento não perecível, roupas, brinquedos, livros e produtos para higiene pessoal para crianças e adultos.'

 

Sinopse:

Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas.

 

Ficha Técnica

Direção: Eliane Caffé

Elenco: Carmen Silva (II), Isam Ahmad Issa, José Dumont mais

Data de lançamento 16 de março de 2017

Duração: 1h 39min

Gênero Drama

Nacionalidade: Brasil

 

PROGRAMAÇÃO de 27 de Junho a 22 de Julho

 

29/06 ás 19h

30/06 ás 19h 

30/06 ás 17h 

01/07 ás 17h 

05/07 ás 17h

15/07 ás 20h 

18/07 ás 19h

19/07 ás 15h 

21/07 ás 17h 

22/07 ás 17h (sessão+debate) 

 

 

 

Um filme que usa a produção de forma inteligente e elegante a parecer que foi feito modestamente com as mesmas técnicas de guerrilha que retrata, para dar o poder de volta ao cidadão.(Critíca por Filippo Pitanga - Almanaque Virtual)

 

 

 

 

 

 'As Doações serão distribuídas para famílias Congolesas Refugiadas, por meio da ONG  Mungazi - LFCAB  

 

Redes Sociais Matilha 

 

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

Instragram: https://www.instagram.com/matilhacultural

 

Mês de julho no Cine Matilha "Clash" de Mohamed Diab

  • Published in Cinema

Programação gratuita mediante a doação de 1 kilo de alimento não perecível, roupas, brinquedos, livros e produtos para higiene pessoal para crianças e adultos.'

 

 

Sinopse:

Quando o governo do presidente Mohamed Morsi, eleito através da primeira eleição geral do Egito, foi derrubado por militares, uma forte tensão tomou conta do país. Isso porque, logo depois, parte da população que apoiava tomou as ruas para reivindicar o seu retorno e, durante os protestos, um grupo de pessoas de diferentes origens e com opiniões antagônicas acabou sendo preso arbitrariamente em uma velha caminhonete. Não recomendado para menores de 14 anos

 

Ficha Técnica

Direção: Mohamed Diab

Elenco: Nelly Karim, Tarek Abdel Aziz, Ahmed Malek mais

Gêneros Drama, Suspense

Duração: 1h 37min

Data de lançamento 4 de maio de 2017

 

PROGRAMAÇÃO de 27 de Junho a 22 de Julho

 

27/06 ás 17h

28/06 ás 15h

29/06 ás 17h

01/07 ás 15h

05/07 ás 15h

12/07 ás 15h

13/07 ás 15h

14/07 ás 19h

15/07 ás 18h 

19/07 ás 19h

20/07 ás 17h

21/07 as 19h

 

22/07 ás 15h 

 

 

'As Doações serão distribuídas para famílias Congolesas Refugiadas, por meio da ONG  Mungazi - LFCAB  

 

Redes Sociais Matilha 

 

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

 

Instragram: https://www.instagram.com/matilhacultural

mês de julho no Cine Matilha Fogo no Mar de Gianfranco Rosi

  • Published in Cinema

Programação gratuita mediante a doação de 1 kilo de alimento não perecível, roupas, brinquedos, livros e produtos para higiene pessoal para crianças e adultos.'

 

 

Sinopse:

O documentário captura a vida da ilha italiana de Lampedusa. Na costa sul da Itália, o local se tornou linha de frente na crise de imigração da Europa. O local virou manchete mundial nos últimos anos por ser o primeiro porto de escala para centenas de milhares de imigrantes da África e do Oriente Médio que tentam fazer uma nova vida no continente europeu.

 

Ficha técnica: 

Título original  Fuocoammare

Direção: Gianfranco Rosi

Elenco: atores desconhecidos

Gênero Documentário

Nacionalidades Itália, França

Duração:1h 49min

Data de lançamento 28 de abril de 2016 

 

PROGRAMAÇÃO de 27 de Junho a 22 de Julho

 

27/06 ás 19h

 

28/06 ás 17h

 

29/06 ás 15h

 

30/06 ás 19h

 

01/07 ás 19h

 

05/07 ás 19h

 

07/07 ás 19h

 

08/07 ás 20h

 

13/07 ás 17h 

 

19/07 ás 17h

 

20/07 ás 15h e 19h (sessão dupla)

 

 

22/07 ás 20h 

 

 

'As Doações serão distribuídas para famílias Congolesas Refugiadas, por meio da ONG  Mungazi - LFCAB  

 

Redes Sociais Matilha 

 

Facebook: https://www.facebook.com/matilhacultural/

Instragram: https://www.instagram.com/matilhacultural

 

 

Matilha Cultural Apresenta Exposição Infância Refugiada por Karine Garcez

 

A realidade de crianças refugiadas é tema de exposição na Matilha Cultural

 

Mostra reúne imagens sobre a infância nos campos de refugiados localizados na Turquia, Líbano e Síria

 

A partir de 27 de junho, a Matilha Cultural abrigará a exposição Infância Refugiada / Refugge Childhood – Palestinians at Turkey, Lebanon e Syria. Trata-se de uma mostra individual da fotógrafa brasileira Karine Garcêz, que capta as expressões de crianças e adolescentes palestinos que vivem em campos de refugiados distribuídos na Turquia, Líbano e Síria. As fotos foram feitas em 2014, durante viagem de caráter humanitário da fotógrafa, integrando missão da Organização Não-Governamental holandesa Al Wafaa Campaing.

 

A exposição tem objetivo de apresentar um registro da infância nos campos de refugiados, gerar reflexões sobre a responsabilidade que a comunidade internacional tem diante da dura realidade da guerra e ausência de direitos sociais básicos, condições as quais essas crianças são submetidas. Por meio da exposição, Karine Garcêz busca arrecadar fundos para compra de material escolar para as crianças refugiadas por meio da venda de produtos personalizados. Os produtos comercializados incluem marcadores de página, cartões postais e as bonecas de pano Mariam e Sarah, personagens da Webcomic criadas pela equipe Genesis, do curso de Mídias da Universidade Federal do Ceará (UFC) e confeccionadas pela TiliArte artesanato. Infância Refugiada / Refugee Childhood conta com a parceria do Projeto Fotografia Tátil, do Curso de Arquitetura e Designer da Universidade Federal do Ceará. Neste projeto, as pessoas cegas e com deficiência visual podem ver as fotos por meio do tato, tornando assim a exposição inclusiva.

 

Karine Garcêz é fotógrafa documental ligada à luta internacionalista por justiça social, tendo trabalhado em campos de refugiados do Oriente Médio. Estudante de Relações Internacionais, é representante no Brasil da ONG holandesa de ajuda humanitária Al-Wafaa Campaign e palestrante do Projeto Muslimah, que explica, nas escolas, os fundamentos do Islã, defendendo a tolerância religiosa e o direito de cada um à escolha da própria fé.

 

 

EXPOSIÇÃO (GALERIA)

ABERTURA: 27 de Junho

Horário: 19h

Período Expositivo: De 27 de Junho á 20 de Agosto 

 

MATILHA CULTURAL

Rua Rego Freitas, 542 - São Paulo

Tel.: (11) 3256-2636

Horários de funcionamento: terça-feira a domingo, da 12h às 20h/ exceto sábados: 14h às 20h

Wi-fi grátis

Cartões: VISA (débito/ crédito)

 

Entrada livre e gratuita, inclusive para cães

 

 

 

Subscribe to this RSS feed