Abertas as Inscrições Para 2° edição da Feira da Matilha especial "Só as Minas"

  • Published in Eventos

Segunda edição da Feira da Matilha acontece no mês de março

 Evento busca incentivar o consumo de produtos orgânicos e a atuação

de pequenos produtores

 

A segunda edição da Feira da Matilha acontece no dia 25 de março, na Matilha Cultural. O objetivo da feira é incentivar o consumo de produtos artesanais e pequenos produtores. A verba adquirida pela Matilha Cultural será revertida para as ações culturais, sociais e ambientais do espaço. A feira acontece das 11h às 19 horas.

 A Feira da Matilha seguirá os moldes da edição passada, com curadoria dos stands. O objetivo é oferecer variedade de produtos. Todos inscritos serão considerados, abriremos oportunidade a todos, os que não serão selecionados para esta feira, serão na próxima.

 

Critérios para participação da edição da feira da Matilha Só as Minas:

 

 Se inscrever até o dia 10/03

 Somente artesãs

Fazer a divulgação da Feira da Matilha, em sua página e redes sociais. (Flyer digital e Evento)

Serão aceitos todos os seguimentos para a feira, exceção a gastronomia (serão aceitos somente produtos vegano e vegetariano).

Inscrições somente pelo formulário online: INSCRIÇÕES ENCERRADAS, link indisponivel.

Todos selecionados serão informados por e-mail

 

Dois Tamanhos de Stands

O valor do stand  de 1,50 M2 será de 55 reais. (Não será cobrado porcentagem de venda)
O valor do stand  de 1,80 M2 será de 75 reais. (Não será cobrado porcentagem de venda)

Formas de Pagamento e Política de Reembolso

 

Sobre o espaço

 

Local fechado, com ar-condicionado.

Disponibilizaremos uma mesa e uma cadeira, por stand

Proibido trazer mesas de fora 

Stands com metragem de 1,50 M2 e  1,80 M2.

Os stands serão dispostos no espaço da Arena e da Galeria ( Link sobre o espaço: http://www.matilhacultural.com.br/?Itemid=115)

Proibido colar, pendurar, pregar nas paredes cartazes ou produtos, pois estaremos com a exposição

Proibido remover ou danificar as obras nas paredes.

Teremos ponto de distribuídas de tomadas para os stands, mas pedimos que tragam uma extensão, caso necessário ampliar.

Teremos placas de orientação ao público com a localização dos stands

Teremos música ambiente.

 

Duvidas enviar por e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

Read more...

Matilha Cultural Promove Evento Gratuito que Celebra a Cultura Indígena Nacional

Iniciativa contará com exposições fotográficas, palestras, debates e exibição de um documentário inédito sobre a temática

Matilha Cultural apresenta o festival Mbarete Beya Kaya – Vozes da Floresta, um evento que celebra a cultura de diferentes etnias indígenas. Realizado pelo CCEFYY (Yurabaka Naibai Yuxibu Baibu), em parceria com a  Matilha Cultural e o Coletivo Tribo. 

O Festival Vozes da Floresta contará com as exposições fotográficas Conexão Amazônia – Mata Atlântica, que reúne registros dos povos Guaranis, de São Paulo, e Huni Kuin, do Acre; e Cocar Sagrado, dos fotógrafos Danilo Arenas e Gabriel Brambatti, que denuncia o lado oculto da comercialização de cocares de penas envolvendo aves em extinção.

Haverá também apresentação do Nação Huni, projeto que une gravações tradicionais da tribo Huni Kuin com a sonoridade de produtores de música eletrônica (L_Cio, Psilosamples, Bmind, Dubalizer, DjTudo, Tahira, Robles, Peba, Gabriela Ubaldo e mais); palestras e debates com cientistas e lideranças indígenas sobre os valores da cultura ancestral e a destruição promovida por interesses econômicos, e exposição e venda de artesanatos originais indígenas. Toda a renda será destinada às aldeias produtoras dos artesanatos expostos.  

PROGRAMAÇÃO

Streaming ao vivo

A programação na casa contará com exibição ao vivo na rede!

Artesanatos e Pintura Corporal

Artesanato original produzido por diferentes etnias nativas e pintura corporal com jenipapo.Toda a renda será destinada às aldeias produtoras.

10:00 - 21:00 Exposição Fotográfica "Conexão Amazônia - Mata Atlântica" 

Fotografias dos povos Guarani Floresta da Mata Atlântica (São Paulo) e os Huni Kuin Floresta Amazônica (Acre)

Uma produção fotográfica realizada pelo CCEFYY e os fotógrafos Danilo Arenas e Gabriel Brambatti, com patrocínio da MultPainel.

13:30 - 14:00 Exibição de curtas

·         Pela CPI do Genocídio (por 12 pmphoto)

·         Yanawas (por 12 pmphoto) 

·         O Brasil tem Pajé (por Luiz Ramalho)

.        Expedição Yanomami - Õkãpomai (por 12 pmphoto)

14:00 - 15:30 Roda de conversa intercultural com lideranças dos povos originários e juristas especializados em Direitos Humanos e Ambiental

Cientistas e lideranças indígenas debatem a destruição e a construção dos interesses econômicos, projetos de proteção ambiental e comercial das Nações Ancestrais e seus territórios demarcados.

Bainawa Inu Bake Huni Kuin, e os advogados Konstantin Gerber e Bruno Pegorari abrem o convite para o público participar desse debate.

15:00 - 16:00 - Roda de Conversa Sagrado Feminino

Roda de conversa sobre o Sagrado Feminino com a produtora Alice Haibara e as Pajés Same Huni Kuin , Amony Mehinako Xingu e Ana Terra Yawalapitti do Xingu

18:00 Estreia do curta "HuniKuin - Os Últimos Guardiões"  

O mini doc traz um sensível retrato da realidade do povo Huni Kuin do rio Envira, localizado no coração da Amazônia, no Acre. Realizado por Huni Kuin CCEFYY, dirigido por Danilo Arenas e produzido pela La Casa de La Madre, em parceria com o Coletivo Tribo e a Matilha Cultural.

14:00 - 21:00 Live pré-estréia Nação Huni e convidados

 Realizado pelo CCEFYY em parceria com o estúdio Audio Fya e os produtores musicais L_Cio, BMind, Psilosamples, Dubalizer e DjTudo, Nação Huni é um manifesto sonoro que une as canções milenares das florestas e a arte eletrônica de musicalizar organicamente o sintético.

A programação também contará com as discotecagens de Tahira, Peba, Robles e Gabriela Ubaldo.

 14-15: Robles

 15-16: Peba

 16-17: Dubalizer

 17-18: Dj Tudo

 18-19: Gabi Ubaldo

 19-20: Tahira

 20-21: Nação Huni X L_Cio, Bmind, Psilosamples)

 O festival é produzido por uma produtora cultural Huni Kuin CCEFYY (Yurabaka Naibai Yuxibu Baibu), em parceria com a Matilha Culural e um coletivo de produtores, profissionais autônomos, cientistas, estudantes e pequenas empresas comprometidas com o empoderamento dos povos nativos. Venham com seus amigos e familiares para fazermos parte desta grande tribo!

 

Read more...
Subscribe to this RSS feed