Cineclube Salada de Cinema Apresenta Exibição e Debate "Lampião da Esquina" com Lívia Perez

  • Published in Cinema

No mês de junho, o foco é a diversidade no Cineclube Salada de Cinema. E o filme da vez é Lampião da Esquina, de Lívia Perez.

Dia 24 de junho ás 17h no Cine Matilha. 

 

Lampião da Esquina é um documentário sobre o primeiro jornal brasileiro a trazer abertamente questões homossexuais. Com a participação de Ney Matogrosso, Aguinaldo Silva, João Silvério Trevisan, Edy Star, Leci Brandão o filme traça a trajetória do Lampião além de contextualizar o período em que aconteceu essa iniciativa histórica.

 

Sinopse:

Após os acontecimentos da década de 60 por todo o mundo e com o aumento da conquista de direitos civis, políticos e também de uma maior participação na sociedade como um todo, surgiu nos Estados Unidos o jornal "Gay Sunshine", uma publicação voltada para o público homossexual da época. Em 1978, no Brasil, uma iniciativa similar foi criada: o jornal "O Lampião".

 

Ficha Técnica:

Direção: Lívia Perez

Elenco: Ney Matogrosso, Leci Brandão, Aguinaldo Silva e mais.

Gênero Documentário

Duração: 1h 22min

Nacionalidade: Brasil

Data de lançamento 18 de agosto de 2016 

 

 

Após a exibição do filme haverá um DEBATE com a diretora do filme, Lívia Perez Lívia Perez é cineasta e pesquisadora.

 

Entre suas principais realizações estão o longa-metragem Lampião da Esquina que teve estréia no festival É Tudo Verdade 2016 e recebeu Menção Honrosa no 24º Festival MIX Brasil de Diversidade; o curta-metragem Quem Matou Eloá? premiado Melhor Curta-Metragem no ATLANTIDOC (Uruguay) e no 9º Festival de Cinema de Triunfo, Melhor Curta-metragem (Júri Jovem) no VII CahoeiraDoc, Melhor Documentário no GENII Awards da Alliance for Women in Media (E.U.A.), Melhor Curta Paulista na Semana Paulistana do Curta-Metragem além de ter sido eleito 10+ favoritos do público no 29º Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo e selecionado para o HOTDOCS, Cinélatino 28es Rencontres de Toulouse e DocsMX; e o documentário multiplataforma Se eu Demorar uns Meses selecionado para diversos festivais e premiado no Festival Pampifitas - Portugal (Prêmio da Competição Lusofonia), Concurso Caja de Cortos (TAL TV) e V Festival de Cinema Curta Amazônia. É Doutoranda em Meios e Processos Audiovisuais na ECA USP, mestre em Multimeios pela Unicamp e graduada em Midialogia pela mesma instituição. Cursou um ano de estudos em Cinéma et Audiovisuel da Université de Paris 3 - Sorbonne Nouvelle. É membro do grupo de trabalho de políticas públicas do Coletivo Vermelha e do Cineclube das Outras.

 

 

 

Read more...

Centro de Convivencia É de Lei Promove Cine Debate, na matilha cultural do Filme Cidade Cinza, com diretores e convidados

  • Published in Debates

O Centro de Convivência É de Lei e a Matilha Cultural convidam tod@s para este "chá de lírio" especial, com a exibição do filme "Cidade Cinza" e debate com os diretores e convidados na Matilha.

 

Sobre a atividade: "Chá de lírio" é o nome da tradicional roda de conversa que fazemos no Centro de Convivência É de Lei, cada semana com um(a) convidado(a) que traz um tema de interesse dos participantes. Nesta semana, para discutir o grafite / pixo, vamos exibir o filme "Cidade Cinza" que documentou as ações da prefeitura de São Paulo - na gestão de Gilberto Kassab - de atropelar os grafites e pixos, impondo um "lindo" cinza pelos muros e viadutos da cidade. Em 2017, com a versão Dória da "Cidade Linda", a polêmica voltou ao debate, especialmente após a prisão de grafiteiros e também do novo projeto de lei, recém aprovado na Câmara dos vereadores, que poderá instituir multa de 5 mil reais aos pixadores ou grafiteiros, além de dificultar a compra de sprays.

 

Após o filme, contaremos com a presença dos diretores do filme, Guilherme Valiengo e Marcelo Mesquita, e outros convidados para puxar a conversa. Vamos trocar ideia sobre o filme, pixo / grafite, exclusão social, direito à cidade e as ideias do atual prefeito sobre o que seria sua "Cidade Linda". Linda para quem?

 

PROGRAMAÇÃO

15h - Exibição do filme "Cidade Cinza"

16h30 - Roda de conversa com os convidados

* Durante a roda de conversa será servido um chá. Não é de fumar e também NÃO será de lírio! Mate ou hortelã gelado. 

 

Filme: “Cidade Cinza”

Sinopse:

Alguns pensam que São Paulo tem excesso de cinza. Este documentário compila as vozes de reconhecidos artistas urbanos que colorem a cidade com grafites e se manifestam contra as autoridades que cobrem suas obras com a cor do cimento.

Duração: 1h 25m

Documentário

Lançamento: 22 de novembro de 2013 (Brasil)

Direção: Marcelo Mesquita, Guilherme Valiengo

Read more...
Subscribe to this RSS feed